Convidada para representar a família brasileira dentro do Big Brother Brasil, a família Lima tem causado grande espanto na maioria dos telespectadores. A intimidade que os membros dessa família tem entre si tem causado grande repercussão nas redes sociais. Uma boa maioria dos telespectadores está achando as cenas de carinho entre eles um tanto exageradas demais. Quem está sendo mais criticado é Ayrton, pai de Ana Clara, ele já foi flagrado várias vezes demonstrando afeto por ela.

A repercussão toda sobre a intimidade da família Lima começou após Ayrton dar um selinho demorado na boca da filha. A partir disso, qualquer aproximação que existia entre pai e filha era considerada pelos telespectadores como incestuosa.

Vendo toda a repercussão do caso, a amiga de Ana Clara, Maria Eduarda, postou um texto no Facebook e disse conhecer muito bem toda a família. Ela falou do nível de intimidade que há entre o pai e a filha e também falou sobre algumas postagens que Ana Clara fez nas redes sociais [VIDEO]há alguns anos.

A respeito dos comentários que surgiram sobre práticas incestuosas, Eduarda apresentou firmeza ao escrever que não há nenhuma prova que Ayrton tenha cometido algum tipo de assédio contra a filha. A respeito da troca de carinho entre eles, ela diz que isso é uma troca de carinho entre os membros da família. “A situação da Ana Clara com o pai demonstra que, além de ainda sermos profundamente atrasados no quesito configurações familiares, temos uma forte tendência a sexualizar o carinho, o afeto e a cumplicidade.

Dinâmicas familiares são extremamente particulares, e o fato de serem tão próximos é positivo”, escreveu Eduarda.

Maria Eduarda disse ainda que cresceu junto com a família Lima e que nunca presenciou nada de diferente entre eles. Ela disse que já até viajou com a família, com a autorização dos seus pais. Já passei semanas na casa deles [VIDEO]. Ayrton e Eva me chamam de filha. Tenham mais responsabilidade”, escreveu.

A amiga também falou sobre algumas postagens que Ana Clara fez no passado sobre pessoas obesas. Ela disse que, na época, Ana Clara tinha somente dezesseis anos e que não tinha nenhuma maturidade. No entanto, ela relata que depois de adulta, Ana Clara começou a se preocupar mais com os direitos das mulheres e se engajou em lutas em prol os direitos LGBT’s.

No próximo domingo (28), Thiago Leifert irá anunciar a saída de dois membros da família Lima. Os outros dois irão permanecer no jogo.