Depois da polêmica com a menina Rivânia, a quem a Record entregou uma minúscula casa, que não condizia com o que havia sido prometido pelo apresentador do 'Programa do Faro', a polêmica agora é outra, que expõe o que é realmente a briga por audiência na TV.

A história agora envolve um ex-participante do programa da Record no quadro Arruma Meu Marido, que já foi até extinto. A proposta era levar participantes que têm uma aparência ruim e desleixada para uma verdadeira transformação até que possam se transformar em outra pessoa e dar aqueles belíssimos índices de audiência na TV.

Para quem não sabe, o programa de Rodrigo faro compete em seu horário com o programa de Faustão, o 'Domingão do Faustão' num dos horários mais nobres da TV.

O caso em questão começou no final de 2011, quando Walmor Ferreira, o ex-participante desleixado, foi escolhido para receber uma reformulação total no visual. O problema é que, com uma dentição ruim, a proposta da empresa que cuidou de seus dentes foi arrancar seus últimos 12 dentes e fazer um tratamento odontológico com a 'boca limpa'.

Com o decorrer do tempo, o fato de arrancar todos os dentes foi a verdadeira derrocada do homem, que sofre até hoje com o procedimento.

Faro e Record deixam homem sofrer por 7 anos e não fazem nada

Após a extração de todos os dentes de Walmor, a promessa era que uma nova prótese seria colocada em dois dias. Mas a dor depois de arrancar 12 dentes era insuportável e o homem desistiu de participar do programa.

A Record então disse que o programa não poderia sofrer alteração na grade e a emissora impôs a participação do homem.

Em sua ação na Justiça, o participante disse que foi coagido a participar do programa. Outra situação bizarra vivida pelo homem é que, mesmo com a dor insuportável, foi orientado a não falar muito nem movimentar a boca para a prótese não se deslocar ao falar.

Walmor disse que topou porque acreditava que iria passar por um procedimento de implante dentário de verdade. Ele ainda ficou 04 meses se alimentando apenas com líquidos. Ele suplicou ao diretor do programa para que o ajudasse, mas o máximo que foi feito, foi uma prótese móvel (dentadura) enviada pelo correio que não fixava em sua boca.

Walmor vendeu a moto e passou por tratamento psiquiátrico

Segundo o ex-participante, ele teve que vender sua moto e ainda passou a pegar ajuda de familiares para se sustentar. [VIDEO] Também teve que fazer tratamento com psiquiatra por uma fobia social. A verdade revelada por Walmor é que ele entrou no programa ruim e saiu muito pior.

A Record se defende dizendo que ajudou o homem e ele já não tinha a maioria dos dentes, além de ter assinado o contrato cedendo sua imagem. A indenização definida pelo juiz Yale Mendes de Cuiabá é de R$ 137 mil.

Veja mais notícias sobre famosos

Mara Maravilha fala a verdade sobre sua 'demissão' e detona Lívia Andrade [VIDEO]

Menino de 'A Força' vira mocinha, se traveste e choca web: 'Nova Pabllo?'; veja [VIDEO]