Conseguir a liderança é o objetivo de todos os moradores da casa do Big Brother Brasil. Mas no início do jogo, conseguir o líder, muitas vezes, pode ser um “tiro no pé”. O participante que vence a prova na primeira semana acaba virando alvo dos votos de vários outros moradores da casa. Tudo indica que é isso que está acontecendo com o líder da semana, Mahmoud. Ele foi o primeiro a indicar duas sisters e agora ele pode ser o próximo a deixar o programa.

Mahmoud indicou as sisters Ana Paula e Mara para deixarem a casa. O público votou durante toda semana e decidiu que deveria sair do jogo era Mara. Agora, do lado de fora da casa, Mara está fazendo propaganda contra Mahmoud [VIDEO].

Em entrevista para a repórter Vivian Amorim, ela disse que se sentiu indignada por ter sido indicada pelo rapaz. Segundo Mara, assim como Mahmoud, ela também é uma defensora das minorias e, por esse motivo, deveria ser a última opção de voto dele. “Quando eu entrei na casa, eu sabia que podia sair na primeira semana ou ia até a final direto. Acho que desagradei mais a casa do que o público aqui fora”, disse a cientista política.

Para Mara, Ana Paula ainda teve algumas vantagens sobre ela. Ela falou que a “bruxinha” teve mais dias para conquistar seu público aqui fora e, por isso, conseguiu continuar no jogo. Para ela, Ana Paula ficou como vítima ao ser indicada de forma grosseira ao paredão. Vale lembrar que, na época, Mahmoud gritou com muita força o nome de Ana Paula e isso o fez parecer um pouco grosseiro.

Sem papas na língua, Mara ainda chamou Mahmoud de “bicha recalcada”. “[Ana Paula] ficou cinco dias lá depois que aquela bicha recalcada gritou: ‘Ana Paulaaa’, toda desesperada. Isso ajudou ela, fez uma campanha a favor, transformou ela em vítima”, disse.

Mas tudo indica que Mahmoud ainda sentirá as consequências da saída de Mara. A #Rede Globo anunciou que mesmo Mara estando fora do jogo, ela terá uma chance de ajudar alguém na casa. [VIDEO] Sua ajuda será como um antídoto do “Poder do Não”. O líder terá que indicar alguma pessoa para ficar fora da próxima prova. Mara poderá desfazer a indicação do líder.

Ela disse que pensa em proteger Gleice pois acha que a acreana está correndo risco no jogo. "Eu quero proteger a menininha do Acre, a Gleici. Eu a acho uma fofa, merecedora do prêmio, pela origem e pela disposição que ela tem na casa”, declarou a ex-BBB.

Assim como outros participantes, Gleice também tem uma história de vida comovente. De origem bem humilde, a moça sonha em ganhar o prêmio para dar uma melhor condição de vida para a família. #BBB Big Brother Brasil