Anúncio
Anúncio

Luiz Carioca ficou conhecido por causa de um clube no Rio de Janeiro. Nele, ele e outros homens tiravam a roupa durante as apresentações. Pessoas famosas acompanhavam tudo. O show dos Leopardos marcou uma geração. Luiz Carioca, no entanto, ficou marcado justamente graças aos filmes adultos. Ele fez muita coisa que hoje não se honra.

Até hoje o ex-leopardo atua como ator de filmes adultos e também garoto de programa, mas garante nunca ter transado com homens por dinheiro. O homem, mesmo com o passar de tanto tempo, continua a se orgulhar dos seus atributos físicos. Ele bate um bolão e chama a atenção por onde passa.

Anúncio

Eterno leopardo conta que transava com 4 ou 5 e até atriz da Globo fazia suruba com ele

Mesmo tendo ganho dinheiro com o corpo - na época ele recebia cerca de R$ 2.500 por mês - o ex-bailarino conta que podia ter se tornado qualquer coisa, como um filósofo, mas que ficou marcado mesmo foi por causa das suas nuances na vida adulta.

Ele lembra, por exemplo, que, em determinado dia, ao entrar em seu apartamento no Rio de Janeiro, encontrou uma famosa atriz da Globo completamente nua em sua cama. Luiz Carlos também participava de surubas com quatro a cinco mulheres. Ele tinha que dar conta de todas.

Redes sociais ficam movimentadas em torno de ator que ficou famoso por dançar nu no Rio de Janeiro

As histórias dele repercutiram nas redes sociais. Alguns não acreditaram no que foi dito. "O cara é pura soberba, mas o tempo dele já passou e ele vive de lembranças. Um fracassado do mundo business cheio de estorinhas sem provas", disse um dos internautas ao comentar o fato. "Eu vivi nos anos 80 e 90 e tomei conhecimento da existência desse cidadão só agora lendo este texto, isso porque ele era um astro hollywoodiano, imagina se fosse só um michê?", contou mais um ao falar sobre o tema.

Anúncio
Os melhores vídeos do dia

Alguns acham que o eterno dançarino nu é muito metido. "Esse cara eh de uma presunção que beira o rídiculo, kkk. Dizer que o Datena exagerava falando da violência do Rio eh coisa de maluco, qq pessoa que visita o Rio vê que aquilo ali eh perigoso sim", escreveu um ao falar sobre o tema. "É, companheiro, o corpo das pessoas é igual produto de supermercado. Tem data de validade. Quando o prazo expira pronto! É só olhar a foto pra ver o que a pessoa vira. Vive do passado. Não tem nada de errado. Eu faria a mesma coisa.

Mas o tempo é cruel", avaliou outro.

E você, o que pensa a respeito do assunto? Deixe o seu comentário. Ele é sempre importante e ajuda no diálogo de temas diversos.