A participante do Big Brother Brasil 2018, Gleici, tem causado polêmica nas redes sociais pelo fato de que algumas publicações suas, feitas em rede social, vêm vazando para o público. Nelas, constata-se que a sister, no passado, não era a favor da Rede Globo de Televisão e até já detonou em algumas oportunidades a emissora na qual hoje vai trabalhar e tentar ganhar mais de um milhão de reais, caso vença a disputa. Gleici tem 22 anos, é cidadã do estado do Acre e estuda, atualmente, em uma faculdade de psicologia.

Publicidade

A morena é claramente apoiadora e militante dos direitos humanos, já surgiu em fotos ao lado do ex-presidente Lula e vem de família pobre.

Gleici é a única pessoa da família que conseguiu ter acesso ao nível superior, por cursar psicologia. “O sequestro do Lula foi um golpe contra a democracia brasileira. Nós não vamos permitir que a Globo e a direita raivosa manipulem a população”, disse a morena, que afirmou que essa manipulação é feita através da mídia.

Gleici pede ‘Fora Temer’

A nova participante do reality show da Globo faz parte do movimento 'Fora Temer', que pede a retirada do atual presidente, Michel Temer (PMDB), que, segundo ela, chegou ao poder através de um golpe, ajudado pela própria Globo na época do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

“Aí, aí, aí se empurrar a Globo caí! E o Cunha também!”, escreveu a participante do BBB 18, em seu Instagram. A postagem foi recuperada recentemente por internautas.

Para chegar a ser uma participante do reality show da rede Globo, Gleici contou um pouco da sua história. Ela revelou que de fato é uma pessoa polêmica, que geralmente não fica calada quando percebe que está acontecendo algum tipo de injustiça ao seu redor. Ela, que tem 22 anos, vive em Rio Branco, que é a capital do estado do Acre. Gleici tem dois irmãos, 15 tias, e cinquenta primos. Gleici vem da zona rural e disse que passou por momentos muito difíceis em sua família.

Publicidade

Acreana teve dificuldades para sobreviver em família

Apesar da dificuldade para sobreviver em Rio Branco, a morena conta que não fica parada lamentando seu passado, mas sim, vai à luta e busca sempre evoluir como pessoa e ajudar seus familiares. “Sou muito bem resolvida”, disse a estudante de psicologia. “Tudo o que passei na vida não me permite baixar a cabeça”, conta ela, que afirmou ter interesse de participar do programa por causa da vontade de representar histórias de luta, como a que foi a dela.

O Big Brother Brasil 18 tem início nessa próxima segunda-feira, (22), logo depois da novela 'O Outro Lado do Paraíso'.