As polêmicas no Big Brother Brasil, da Rede Globo, estão a mil. Nessa quinta-feira à noite (25), houve a prova do líder e o sexólogo Mahmoud conseguiu se tornar a liderança da casa durante toda a semana. Como de praxe, todo o líder tem que escolher um participante para participar do paredão – a disputa entre alguns brothers para saber que fica ou quem sai da casa.

O sexólogo não pensou duas vezes e nem demorou muito para mandar Ana Paula para a berlinda – “a forca”.

Isso porque, de acordo com algumas informações, ela teria dito algo terrível para Mahmoud, que é gay.

Segundo reportagem do portal de notícias UOL, houve uma discussão envolvendo Mahmoud e Ana Paula, onde nessa briga a participante acabou detonando o brother e o chamando de ‘‘viado’’. O sexólogo se ofendeu com a palavra e disse que não aceita ser chamado assim. Ele quer ser chamado pelo seu próprio nome, como todos os héteros são chamados, segundo o participante.

“Eu acho esse termo muito pejorativo, não me chame assim”, disse o novo líder.

Ana Paula pediu desculpas e disse que é assim que trata todos os seus amigos gays, como uma forma de brincadeira saudável. Assista:

“Mahmoud é o primeiro Líder do #BBB18. O brother venceu uma prova de sorte e, antes mesmo de comemorar sua vitória, teve que indicar alguém para o Paredão.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
BBB Big Brother Brasil LGBT

Sem hesitar, ele mandou: “Ana Paula”. E agora? Quem mais vai se juntar à sister na berlinda? Cola com a gente na #RedeBBB e veja tudo o que rola na casa”, disse a página oficial do Big Brother Brasil 2018 nas redes sociais. O perfil de Instagram também mostrou o líder sendo carregado nos braços dos amigos, após a vitória na casa.

“Pior burrice de um ser humano que entra no BBB é procurar atacar já nos primeiros dias.

A menina implicou com as pessoas que queriam comer, implicou com os lugares nas camas, não cala a boca, fala alto pra cac***... E a voz é uma beleza. Só imagina ficar 3 meses ouvindo essa mulher falando na sua cabeça? Não é questão de bullying não, é a realidade. Chega de mimimi e de ficar achando que tudo é bullying. Tá lá porque é chata mesmo”, detonou uma seguidora de rede social em relação a Ana Paula.

“A questão é que juntou a voz dela que é super "suportável" (ironicamente falando, claro. Só que isso ela também não tem culpa) e ainda foi ditar regras, proibir coisas, dar pitaco em outras coisas e aí ferrou com ela mesmo. Se eu tivesse no lugar das pessoas que ela chamou atenção, faria a mesma coisa e pegaria um ranço eterno. Bi*** chata”, criticou outra seguidora, que concordou com a indicação do sexólogo.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo