A televisão pode ser um dos meios de comunicação mais ingratos que existem. Isso porque muitas pessoas, que um dia já foram famosas, agora passam dificuldades para conseguirem manter o seu padrão de vida. Um dos artistas que ficaram mais conhecidos nos últimos tempos é Marcos Oliveira. Ele fez o seriado 'A Graça Família', onde viveu o pasteleiro Beiçola. Marcos ficou anos no seriado, mas não tempo suficiente para pensar que tudo poderia acabar. Ao todo, foram 14 anos vivendo o mesmo personagem. Depois do humorístico acabar, Oliveira ficou desempregado. Ao todo, foram três anos sem nenhuma recolocação profissional.

Publicidade

Conheça o drama do ator Marcos Oliveira, o eterno 'Beiçola' de seriado querido

O ator somente voltou à telinha em 'Liberdade, Liberdade', mas depois sumiu de novo. Agora, o eterno beiçola comemora sua participação em 'Deus Salve o Rei', mas conta que ainda tem muitas dívidas. O artista revela que tem problemas de saúde e que precisa de remédios para viver. O tempo sem trabalhar foi tão grande que ele teria solicitado empréstimos até mesmo para se alimentar. O ator conta que estar em uma novela o ajuda a pagar suas contas, como o aluguel atrasado.

A realidade de Marcos é igual a de outros atores. Os mais antigos costumam ser os que tem mais problemas para entender o novo cenário das artes. Os mais novos costumam investirem em vários negócios além de atuar, ou seja, caso as oportunidades da telinha acabem, eles tem como ganhar dinheiro com outra coisa. Quem investe usa a televisão apenas como uma forma de veicular sua imagem, o que serve como propaganda até das suas marcas. Algo inteligente.

Marcos não era de um tempo assim. Sua geração foi de atores que sobreviviam com a arte, mesmo com toda a dificuldade, mas hoje os canais de televisão, por exemplo, apenas contratam por obras. Raros são os casos que se salvam. Com isso, fica praticamente impossível um ator que não é contratado de um canal viver só de televisão.

Publicidade

Marcos torce por sucesso de 'Deus Salve o Rei' e conta que não negociou salário

"Não importa quanto eu ganhe. Me perguntaram assim: 'Quanto você quer para acertar?'. E eu disse: 'Me paguem o que vocês quiserem. Numa boa'. Estou trabalhando pela justa causa da minha sobrevivência e querendo que a novela faça sucesso", disse o ator que ficou famoso pelo Beiçola.

E você, o que pensa a respeito do assunto? Deixe o seu comentário. Ele é sempre importante e ajuda no diálogo de temas relevantes.