Segundo o jornal O Globo, [VIDEO] nesse sábado (20), foram recuperados os equipamentos do cantor Caetano Veloso que foram roubados no último dia 14 de janeiro. Após uma investigação, a polícia da Bahia, chegou até um galpão onde os suspeitos manteriam os equipamentos roubados e depois de trocas de tiro, os equipamentos foram recuperados. Segundo o jornal, foram informações da Secretaria da Segurança Pública [VIDEO] (SSP).

Segundo as informações da SSP, os equipamentos foram recuperados após muitas investigações da sétima Coordenadoria da Policia interiorana de Ilhéus. Também. Os setores da inteligência da septuagésima primeira CIPM em conjunto com a Cipe/Cacaueira.

Segundo a polícia, houve troca de tiros e os suspeitos efetuaram a fuga, bem no momento da abordagem. Ninguém se feriu. O equipamento recuperado foram um reboque que se utilizava para transportar o próprio equipamentos, 4 movie light, mais um piano, também foram encontradas duas malas que eram da produção de Caetano. Foram recuperados ainda, 4 case pelican, também, 1 hack de aire, mais 4 violões e muitas partes do cenário dos shows. Porém, nem todos os equipamentos e instrumentos foram achados.

Segundo o jornal relata, o equipamento foi roubado quando o carro que transportava o equipamento, foi abordado pelos suspeitos, quando o transporte passava em Itacaré no domingo (14).

Em nota, o cantor Caetano Veloso, agradeceu o apoio da polícia neste sábado [VIDEO](20), essa nota foi escrita pela empresaria e produtora, Paula Lavigne, e diz que o cantor esta agradecido.

Caetano diz na nota, que lamenta o roubo dos seus equipamentos do seu show. Porque a insegurança é uma questão que preocupa toda a nação, isso vem afetando todo o país e precisa ter uma solução rápida pela sociedade.

Continuando em sua nota, Caetano ainda diz que não se pode ficar de braços cruzados pelo contrabando de armas de calibre pesado que entra através das fronteiras, essas mesmas armas que matam os policiais e os jovens em todo o Brasil. Caetano Veloso ainda diz ter ficado feliz com o desfecho do caso e agradeceu o governador do Estado da Bahia, que solicitou que as polícias civis e militares resolvessem o caso. Fica contente em saber que encontro muito apoio do caso na sua terra natal.

Ainda, segundo a nota da empresaria, vários dos equipamentos ainda não foram encontrados. Entre os que não encontraram foram um violoncelo, também, um baixo elétrico. E muitos tipos de microfones.