Na última semana, o deputado federal e pré-candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSC-RJ), passou a ser assunto em diversos veículos da imprensa.

Em São Paulo, o jornal Folha de S. Paulo, o mais popular de todo o país, publicou reportagem sobre o patrimônio da família Bolsonaro – incluindo Jair e seus filhos, que também são políticos.

Nesta sexta-feira (12), repórteres do jornal publicaram entrevista que Bolsonaro concedeu em sua casa em Angra dos Reis [VIDEO]. Ele foi bastante criticado pela forma como respondeu aos jornalistas durante a conversa.

Diante de toda essa situação, Jair Bolsonaro foi convidado para dar uma entrevista a Boris Casoy e Amanda Klein, no “RedeTV News” [VIDEO].

Antes da entrevista, ele conversou com a jornalista e o repórter Mauro Tagliaferri.

Em determinado momento da conversa, que foi transmitida ao vivo pelos perfis da RedeTV! nas redes sociais, Bolsonaro declarou que está sendo perseguido. “Estão me perseguindo”, afirmou, com todas as letras.

Bolsonaro reclama de perseguição

“Cobranças e as pessoas quererem saber o que esses funcionários fazem deve ser encarado de uma forma normal e republicana e não exatamente como uma perseguição. A entrevista que o senhor deu à Folha dá a entender que o senhor entendeu isso como estar sendo perseguido”, questionou Tagliaferri.

Neste momento, Bolsonaro interrompeu dizendo que está sendo perseguido. “Estão me perseguindo, estão me perseguindo”, frisa Bolsonaro. Em seguida, o parlamentar explica alguns pontos da entrevista à Folha.

Segundo Bolsonaro, em nenhum momento da conversa com os repórteres do jornal ele foi questionado sobre a funcionária Walderice Santos da Conceição, que figura desde 2003 como uma das funcionárias do gabinete do parlamentar.

Mansão em Angra dos Reis

Jair Bolsonaro postou um vídeo em que mostra sua casa em Angra dos Reis. Longe de ser uma mansão, mas grande, com cerca de 400 metros quadrados, o deputado federal fez um tour pelo quintal da propriedade.

Seus seguidores comentaram o vídeo. “Incrível o desespero da mídia brasileira em tentar sujar o Bolsomito, mal sabem que estão fazendo é propaganda dele”, comentou um seguidor do pré-candidato à Presidência.

“Já está mais que provado sua honestidade. Chega de ficar dando explicação pra essa mídia podre, comprada e sem escrúpulos, querem se promover às suas custas. Vamos focar na candidatura, plano de governo, metas, mudança de leis, etc”, pediu um seguidor do parlamentar.

Jair Bolsonaro aparece na segunda posição nas pesquisas de intenção de votos de diversos institutos. Com a possibilidade de Lula ser condenado em segunda instância, Bolsonaro deve assumir a primeira posição.