Ao que tudo indica, a casa caiu “mais uma vez” para a Rede Record, que recentemente se envolveu em uma situação muito complicada após o caso da garotinha Rivânia repercutir em todo o Brasil. A pobre menina iria receber uma casa do programa do Faro, porém, a casa era extremamente pequena e nada digna para uma família viver, o que virou motivo de repercussão nacional.

Mas parece que a emissora acabou se envolvendo em mais problemas, desta vez, com um participante do famoso quadro “Arruma Meu Marido”. A produção do programa de Rodrigo Faro [VIDEO] aconselhou o homem a ficar “feio” de propósito, para que conseguissem mais audiência.

Nove meses foi o tempo pedido pela produção para que ele se tornasse um verdadeiro “desleixado”.

Walmor Ferreira aceitou, em 2011, fazer tudo o que lhe foi pedido, ficou feio e teve até seus dentes arrancados, mas a promessa de uma “reformulação” em seu visual não foi cumprida. Ele foi para a grande São Paulo para realizar os tais procedimentos prometidos, só não esperava viver uma situação tão complicada como a que viveu.

O plano inicial era apenas fazer o tratamento odontológico, mas a clínica responsável pelos processos estéticos da atração resolveu retirar os 12 dentes que ainda lhe restavam na boca, para que fosse implementada uma prótese. Todo o procedimento foi feito corrido, em apenas dois dias.

Walmor sentiu muita dor ao passar por esse processo, tanta dor que ele até mesmo chegou a desistir de participar da atração.

De acordo com a ação existente na justiça, a emissora acabou “forçando” o homem a participar do programa, uma vez que não podiam fazer modificações no planejamento.

A prótese não ficou “boa” e ele foi aconselhado a não fazer nenhum tipo de movimento brusco com a boca, pois existia a chance de que a prótese se deslocasse do lugar. Hoje, ele está em uma situação difícil, praticamente sem seus dentes, ficou durante meses se alimentando por meio de líquidos, além de virar piada em qualquer lugar que vá. Com o caso na justiça, Walmor conseguiu uma indenização de 137 mil reais, condenação feita pelo juiz Yale Mendes, da sétima Vara Civil de Cuiabá.

Burburinho nas redes sociais

Muitos internautas se posicionaram a favor de Faro [VIDEO]e da Rede Record, dizendo que não concordam com a decisão judicial. Por outro lado, muitos internautas se solidarizaram com Walmor Ferreira e disseram que a decisão judicial foi justa. Alguns internautas parabenizaram o ex-participante pela coragem de levar esse caso a justiça.