O mundo saberia sempre quem era Willow Smith, não fosse mais por seus Famosos pais, Will Smith e Jada Pinkett Smith. Ela já não teria escolha e desde bem pequena que ela famosa. Além disso, a pequena Willow sempre conquistou a todos por seu sorriso e encanto natural. Porém, ao invés de viver da fama de seus pais, Willow queria criar seu próprio caminho, e apenas 10 anos de idade, ela estreou na música, lançando seu primeiro single, "Whip My Hair".

Desde então, ela continuou perseguindo suas aspirações musicais, mas não apenas sua carreira de artista que cresceu. Aqui estão as formas pelas quais Willow se transformou de uma criança, filha de Hollywood, para uma linda e talentosa jovem, agora que ela já tem 17 anos e está muito mudada.

Ela odiou crescer famosa

Crescer com pais famosos não era algo que Willow queria, nem foi algo que ela achou fácil.

"Crescer e tentar descobrir a sua vida, enquanto as pessoas sentem que eles têm algum tipo de direito de saber o que está acontecendo, é absolutamente terrível e a única maneira de superá-lo, é entrar nisso", disse ela.

Ela também sente que esse ambiente tóxico pode afetar a saúde mental, dizendo: "Sinto que a maioria das crianças, como eu, acabou entrando em uma espiral de depressão".

Ela está ajudando outras jovens mulheres

Mesmo sem ela desejar a fama de seus pais, a verdade é que isso deu a ela uma outra visibilidade, e ela poderia ignorá-la ou abraçá-la.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos

Ela escolheu fazer o último e tem usado sua voz e imagem como uma poderosa ferramenta para inspirar outras mulheres. Aos 15 anos, ela foi convidada pela casa de moda francesa Chanel para ser uma de suas embaixadoras. É um papel importante e que Willow leva a sério porque, mesmo assim, ela entendeu que "não é todo dia que uma garota negra, de 15 anos, e com dreads no cabelo, é eleita para ser embaixadora da Chanel", disse ela, em uma entrevista para o The Telegraph.

Ela disse ainda que sente a importância de ser um modelo para aqueles que não são representados pela mídia.

"Eu sei que muitas garotas que se parecem comigo sentem que não são lindas e sentem que não têm um lugar na mídia ou um lugar no mundo", disse ela. "Eu quero que eles saibam que isso não é verdade, e se você está confiante e você se ama, então tudo o que você vê, sua percepção, começará a mudar e você verá as coisas de forma diferente. Eu quero mostrarisso para todas as meninas", concluiu a jovem, de 17 anos, que também faz sucesso na moda.

Ela é toda sobre o poder feminino

Quando Willow apareceu para uma entrevista com a Teen Vogue, ela usou uma camiseta cortada com a declaração: "Nunca subestime o poder de uma mulher". Desde aí que ela vem mostrando a força e lutando por causas feministas. Nesse ensaio, ela foi fotografada por uma mulher e ficou muito entusiasmada com isso, dizendo que fazem falta mais mulheres fotógrafas, médicas e astronautas. Mais mulheres nos lugres importantes.

A música a ajudou a descobrir o amor próprio

Willow é cantora e tal como seu irmão, Jaded Smith, de 19 anos, também ela se estreou muito cedo cantando. Claro que o apelido Smith ajudou, mas ela sempre se manteve fiel a seu estilo, tocando somente o que ela acreditava e sentia como seu. Seu segundo álbum, The 1st, centra-se no amor próprio e ela diz que isso a ajudou a ter clareza em relação a essa ideia.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo