Em uníssono, as celebridades que passaram pelo tapete vermelho do Globo de Ouro 2018, neste domingo à noite (7), levantaram suas vozes contra os casos de assédio sexual que vêm estampando as manchetes de jornais internacionais nos últimos meses. Oprah Winfrey foi o ponto alto da festa e teve até paródia insinuando sua candidatura à Presidência dos Estados Unidos nas próximas eleições (possibilidade que Oprah já descartou enfaticamente).

A noite em que artistas atuaram como ativistas

O anúncio prévio foi feito por muitas das celebridades convidadas para a festa do Globo de Ouro, avisando que seus acompanhantes seriam ativistas sociais.

As roupas pretas em luto e protesto ao assédio sexual nos grandes estúdios (de Meryl Streep, Emma Stone e demais atrizes) e o próprio clima de purgatório que a indústria vem passando, há meses, era apenas o prelúdio na noite do Globo de Ouro, que inaugurou a agenda de prêmios em 2018.

Discursos contundentes e esclarecidos foram disparados em cada prêmio oferecido e recebido, e o apresentador, Seth Meyers, fez de tudo para manter o tradicional humor esperado para a noite. Não sem mirar nos nomes mais falados em meio aos escândalos como Kevin Spacey e Harvey Weinstein. Inevitável.

Um novo dia está no horizonte

A apresentadora de TV Oprah Winfrey lançou palavras de esperança em harmonia com o clima da noite. “Eu quero que todas as mulheres que escutam aqui e agora saibam que um novo dia está no horizonte”, disse, levando muitos às lágrimas com todo o seu discurso quando aceitou o prêmio Cecil B. DeMille 2018.

Oprah ainda referiu-se a Recy Taylor, ativista que, após um estrupo em 1944, começou a lutar por justiça e faleceu em final de dezembro aos 97 anos. “Recy Taylor é um nome que eu conheço, e você deveria conhecer também”, disse.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Mulher

Natalie Portman se sai bem com tirada certa

Não era uma tarefa fácil falar depois do longo e forte discurso de Oprah Winfrey, mas Natalie Portman iniciou de forma espirituosa. Conhecida também por sua luta contra a misoginia e injustiças contra mulheres, a atriz anunciou o prêmio de melhor diretor, sem nomes femininos na lista, dizendo “aqui estão todos os ‘homens’ indicados”. A perfeita colocação combinou com a entonação sem falhas. Inteligente.

As reações no Twitter foram rapidamente postadas. “Isso, Natalie, pega eles, garota”, por exemplo, foi a tendência nos tweets.

Ator negro faz história

As palavras e atitudes vistas durante o prêmio Globo de Ouro 2018 vão ser comentadas por muita gente durante o ano, de preferência trazendo debates construtivos e soluções para o problema do assédio sexual em Hollywood e outras indústrias. No entanto, um momento histórico da premiação que merece ser destacado foi a vitória de Sterling K. Brown como Melhor Ator Principal em um programa de TV. Foi o primeiro ator negro a ser premiado na categoria.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo