O apresentador da Rede Globo, #Luciano Huck, já deixou certo que não disputará as eleições de 2018. Ele chegou a essa decisão após ser pressionado pela Rede Globo [VIDEO] que avisou não querer ele trabalhando na #Emissora, caso decida optar pela política.

A Globo, inclusive, havia dado um ultimato para ele afirmando que se ele se candidatasse à Presidência, mesmo que perdesse, não colocaria os pés mais no canal. Ele perderia seu programa "Caldeirão" e teria que procurar emprego em outro local [VIDEO].

Conforme informações, Huck teria sido aconselhado pela esposa Angélica e por outros familiares a deixar de lado a sua candidatura e se manter firme naquilo que já estava mais garantido.

O salário do apresentador é altíssimo e o custo de vida da família também.

Encontro estranho

Porém, um pedido estranho tomou conta dos últimos dias. Luciano Huck teria tido uma reunião com o diretor do Ibope, Carlos Augusto Montenegro, e pediu para que Carlos continuasse a colocar o nome dele como possível candidato à Presidência. O motivo disso seria porque não apareceu nenhum candidato de centro que fosse forte o suficiente para concorrer com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e Jair Bolsonaro.

Questionado sobre a conversa com o apresentador, Montenegro não quis falar muito no assunto, apenas confirmou a informação e disse que iria manter o nome de Luciano Huck nas pesquisas. Como uma forma de se defender, o diretor afirmou que acrescentar o nome nas pesquisas não significa nada.

Ele citou que Lula está nas pesquisas, porém, sua candidatura também não é certa, pois pode ficar inelegível.

Outro nome citado por Montenegro é do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. Segundo o diretor do Ibope, Meirelles teria que deixar o cargo para concorrer e isso teria que acontecer até no máximo no dia 06 de abril. As pesquisas continuarão trabalhando com candidatos incertos e só mais para o meio do ano e que terá uma certeza maior de quem irá concorrer nas Eleições.

Decepção

Carlos Montenegro relatou que existe uma decepção muito grande com a maioria dos políticos. De acordo com ele, muitas pessoas nem olham muito para esse negócio de direita, esquerda e centro, só querem apenas alguém que possa trazer mais confiança para o Brasil.

Montenegro falou de uma Eleição imprevisível.

Fica uma questão no ar: Estaria Luciano Huck disposto a entrar na política e dar um golpe na Rede Globo? O canal carioca havia afirmado que a decisão dele seria até o final de 2017 e ele aceitou ficar na emissora. Porém, o cenário pode mudar e Huck estaria apenas se preparando para novos rumos. #Famosos