Finalmente conseguirão separar Raquel (Erika Januza) e Bruno (Caio Paduan) nos próximos capítulos de O Outro Lado do Paraíso, da Rede Globo. Tudo porque Tônia (Patrícia Elizardo) se corrompe de vez para ter o marido de volta e aplica o velho golpe da barriga no rapaz.

A diferença é que a médica realmente fica grávida, mas o filho não é do delegado. Para reconquistar o marido, Tônia conta para todos que está grávida de Bruno, mas a verdade é que ela espera um filho do garimpeiro Zé Victor (Rafael Losso). É isso mesmo. A ex-esposa do namorado de Raquel aceita jogar baixo a ponto de engravidar de um estranho só para dar o golpe da barriga - mais uma vez.

Vale lembrar que no início da trama [VIDEO] de O Outro Lado do Paraíso, Tônia conseguiu se casar com Bruno usando um golpe muito semelhante. Por orientação da sogra, Nádia (Eliane Giardini), ela fingiu estar grávida do então namorado e, após se casarem, ela simulou ter perdido o bebê.

Bruno cai em novo golpe da barriga em ‘O Outro Lado do Paraíso’

Assim que consegue engravidar, Tônia corre para contar a novidade ao ex-marido. Bruno fica chocado ao saber da gestação, mas a jovem finge que ele é o pai do bebê e conta tudo como se fosse um acidente de percurso. Mas, pelo possível tempo de gestação, o delegado estranha não ter nenhuma barriga à mostra.

A médica tenta sair da saia justa explicando que, para algumas mulheres, "a barriga demora mais a aparecer". Na sequência, Tônia afirma que o mais importante é que está grávida, como o casal sempre sonhou.

"Vamos ter o nosso filho", comemora a grávida.

Durante toda a sequência relevadora de O Outro Lado do Paraíso [VIDEO], Raquel presencia cada palavra e acredita que foi enganada pelo namorado. Magoada, ela o acusa de estar fazendo jogo duplo mais uma vez e afirma que o delegado mentiu ao dizer que a amava e que ainda iria se divorciar.

Assim, não tem outra escolha, Raquel termina o namoro com Bruno. Muito chateada com o namorado, a juíza lembra que Nádia costuma falar do quilombo fazendo piadas, mas o fato é que sua criação no local a deu princípios e um deles é o de nunca separar uma família.

Raquel lembra que já havia alertado Bruno de que, se ele tivesse um filho, não levaria sua relação adiante. "Tem que cuidar do seu filho", encerra ela, pedindo para ser lavada de volta para casa. O delegado não se conforma e pede para a noiva não ser tão radical, pois a gravidez de Tônia não o impede de se separar. Mas, Raquel está convencida de terminar tudo e justifica que não nasceu para ser a outra.