O Brasil passa por uma época de extremos. Atualmente, é muito comum que pessoas levem situações às últimas consequências por questões de ideologia, política, entre outros.

Geralmente, a revolta começa e se concentra nas redes sociais, com pessoas fazendo posts e sugerindo boicotes a marcas, programas, etc. Mas de vez em quando a ira é levada para as ruas.

A Rede Globo, até por ser o maior canal de Televisão do país e um dos maiores do mundo, é alvo de polêmicas constantemente. Claro, por ter uma vasta grade de programação, as chances de alguma atração não agradar uma parcela dos telespectadores são muito grandes.

Por exemplo, a emissora está recebendo uma enxurrada de críticas por conta de alguns participantes da edição 18 do Big Brother Brasil (reality show de maior audiência no país). Muitos internautas acusam a Rede Globo de promover práticas nada convencionais ao colocar participantes como a Família Lima. Segundo os usuários das redes sociais, o pai e a filha da família citada têm atitudes estranhas para parentes "normais".

Polêmica política

Além de todas as polêmicas com suas produções, a Rede Globo ainda tem que enfrentar a fúria de muitos por questões políticas. Frequentemente acusada de apoiar um lado político em detrimento do outro, a emissora geralmente é criticada pelo lado que se considera prejudicado.

No atual momento, com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sendo julgado e condenado em segunda instância pelo Ministério Público, muitos manifestantes resolveram apontar a sua fúria para a empresa de televisão.

Invasão e depredação

E nesta quinta-feira (24) logo após o término do julgamento do ex-presidente, manifestantes, que já faziam um protesto em frente a sede da emissora no Rio de Janeiro, invadiram a recepção principal e começaram a depredar e pichar vários objetos do local.

Os invasores acusavam a Rede Globo de ser partidária na cobertura do julgamento do ex-presidente e chamaram a empresa de antidemocrática. Além de depredação, os manifestantes pintaram de vermelho o símbolo da empresa.

A ação durou apenas alguns minutos e os invasores fugiram com a chegada da polícia.

Apesar de toda confusão, ninguém foi preso.

Pronunciamento oficial

Em nota oficial, a Rede Globo confirmou a invasão, mas não informou se algum funcionário se machucou ou mesmo o valor dos danos causados. Além disso, a emissora deixou claro que sempre prezou por um jornalismo imparcial e que qualquer tentativa de intimidação deve ser vista como uma forma de censura.

Siga a página Lula
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!