4

Lucas Lucco e Pabllo Vittar, má influência? [VIDEO] Em mais um videoclipe polêmico bombando nas redes sociais, Pabllo Vittar faz parceria inusitada com o sertanejo Lucas Lucco em uma produção envolvente que está dando o que falar pela sensualidade e riqueza de elementos.

Pelo fato de publicamente Lucas Lucco ser conhecido como heterossexual assumido e com repertório musical romântico e sedutor, vindo do mundinho bruto, rústico e sistemático da música sertaneja, pode se dizer que a parceria surpreendeu e desagradou os mais conservadores, fazendo chover todo tipo de comentários nas redes sociais.

Muitos apoiando a quebra de paradigmas, mas, por outro lado, muitos atacando, principalmente os que se dizem em defesa da família tradicional, já que Lucas Lucco é o tipo de cantor que atrai a geração mais jovem, tendo sido, inclusive, galã de Malhação, da Rede Globo, na temporada passada.

Muitos especulam se o casal no clipe estava de "barraca armada". Pabllo abusa da sensualidade no jogo de pernas. Já que não tem seios femininos, seu ponto forte é chamar atenção para a beleza estética, marcada nos olhos, maquiagem, perucas e performance artística, cantando e rebolando.

A crítica costuma ser pesada em cima de Pabllo, em muitos casos se tratando de homofobia disfarçada e conservadorismo, pedindo censura na performance artística da transexual, defendendo a tese de que a artista pode estar influenciando as crianças com seu comportamento sensual. Em outros casos, há também os que não se consideram homofóbicos, mas ainda assim criticam musicalmente Pabllo, duvidando de seu talento artístico. Por abusar dos falsetes na música, alguns considerando, inclusive, que ela desafina inúmeras vezes.

O videoclipe é bom, bem produzido e tem uma riqueza de detalhes bem interessante, com muitas indiretas e sensualidade. Vale a pena ver o clipe de novo somente para se atentar aos pequenos detalhes que poderiam passar despercebidos por fãs ou haters:

1- O roteiro começa num futuro distópico e parte pra uma praia paradisíaca, claras referências ao cinema dos anos 1980.

2 - No prédio distópico, há várias mensagens contra racismo e homofobia que o clipe quer mostrar. Mas também tem o merchandising dos diretores, onde está escrito "Os Primos".

3 - No filme "A Lagoa azul", Brooke Shields tampava os seios com o cabelo. Pabllo não tem seios pra tampar, mas usa a referência com uma peruca descomunal. Apesar de estar na praia, na lagoa ou cachoeira, não se molha! uma das perucas é frisada, dando aspecto de cabelo molhado.

4 - No futuro distópico, a peruca de Pabllo é negra, no paraíso é loira.

5 - O maiô da cantora tem uma estampa de uma planta, marketing da marca Triya. A planta se chama caladium. Seria mais uma mensagem oculta?

6 - Apesar de extremamente sensual, em nenhum momento do clipe Lucas Lucco beija na boca de Pabllo.

7- Não nadam na praia, nem na cachoeira, nem na lagoa, mas tomam banho de lama de ouro.

Lucas Lucco rebateu críticas [VIDEO] feita ao trabalho com Pabllo Vittar.