Anderson Tomazini saiu de Brasília com destino a São Paulo para se tornar ator. Para custear sua viagem e a escola de teatro, trabalhou como modelo e foi Mister Brasil, em 2015. [VIDEO]

Como modelo, Anderson permaneceu durante 3 nos. Ele se lembra que o custo de vida em São Paulo é bastante caro e precisava se virar como pudesse.

‘O trabalho como modelo [VIDEO] e em peças teatrais estava muito fraco. O retorno não era suficiente para garantir meu sustento’, afirmou Tomazini, sem qualquer vergonha; Segundo ele, sempre foi seu sonho.

Atualmente, Anderson interpreta um garimpeiro na novela das 21h. O ator relata que trabalhou durante quatro meses como motorista do UBER, para se sustentar durante o período de aprovação no teste e início da novela.

As dificuldades enfrentadas no passado serviram de inspiração para seu aprendizado na vida.

Durante o carnaval, o ator estava reclamando de alguns problemas que estava passando, porém, ao se lembrar do que viveu no passado, percebeu que não haviam motivos pra tudo isso.

‘Estou trabalhando com Fernanda Montenegro, Laura Cardoso e Juliano cazarré, um aprendizado e tanto pra vida, Cazarré é um artista, não apenas ator, escreve, pinta e fala sobre a arte, a admiração só aumenta junto ao conhecimento, um espelho pra mim’.

Estreia e evolução de seu personagem

Seu início se deu num papel pequeno, sem grandes destaques, aos poucos foi evoluindo e ganhando espaço na trama. Seu personagem formou par romântico com Cleo (Giovana Cordeiro), se tornando inclusive o queridinho da novela. Em breve, seu personagem será soterrado numa explosão na mina e ganhará ainda mais evidencia na trama de Walcyr Carrasco na Globo.

Futuro promissor

Diante do bom trabalho realizado e experiência adquirida, o ator já planeja passos maiores. Outro sonho de Tomazini [VIDEO] é poder chegar ao cinema brasileiro, se espelhando em atores muito conhecidos do público nacional e em seus grandes sucessos. Nomes como Wagner Moura, Selton Mello e Matheus Nachtergaele servem de inspiração para realização desse sonho que tem.

Laboratório na Fazenda de seu avô

Com ajuda de seu pai, Tomazini foi trabalhar durante duas semanas na fazendo de seu avô, sem que ninguém soubesse quem ele era. Chegou ali apenas como mais um funcionário e aprendeu coisas como jargões e costumes das pessoas. Além de madrugar, tirou leite de vaca, aprendeu a pesagem e contagem dos bois, viveu essa realidade na pele.