Um dos atores mais queridos da Rede Globo de Televisão é JP Rufino [VIDEO]. Ele ficou conhecido por ter feito diversos papéis ao longo da sua carreira. A sua competência ficou marcada em novelas importantes. No entanto, JP virou caso de polícia nesta semana [VIDEO] e teve que prestar queixa em uma delegacia do Rio de Janeiro. JP sofreu ofensas racistas nas redes sociais.

O ator querido disse que não dava para ficar assim e passou a tarde nesta segunda-feira (19) em uma delegacia carioca prestando queixa contra um crime que aconteceu na internet. A mãe do ator, Martha Christina, esteve ao lado dele diante desse momento difícil, como mostra uma reportagem do portal de notícias UOL.

JP Rufino denuncia perfil que o chamou de 'macaco' em delegacia do Rio de Janeiro

Rufino estava, no sábado (17), fazendo a transmissão do Carnaval, ao vivo, por meio de sua rede social, quando sofreu o ataque preconceituoso. O ator da Rede Globo de Televisão passou por uma situação difícil. Ele estava transmitindo o desfile da Estação Primeira de Mangueira quando tudo aconteceu.

Um dos internautas chamou JP Rufino de ‘’macaco’’. O ator chegou a dar uma resposta no dia seguinte à transmissão ao seu hater, mas surpreendeu ao ir à delegacia e denunciar o crime, seguindo o mesmo exemplo de outras personalidades, como o ator Bruno Gagliasso.

JP Rufino é alvo de racismo e suposto autor nega crime

O perfil em questão, como disse a mãe do #ator mirim da Globo, teria entrado em contato com a família do artista.

Ele teria alegado que, durante a madrugada, a página foi hackeada e solicitou à celebridade que apagasse a imagem que mostra o comentário.

A mãe de Rufino achou estranha a história e decidiu levar o caso à polícia, dando a chance ao suposto autor de provar que não é ele. Ela achou estranho o fato do rapaz negar o crime, mas mesmo assim mandar uma mensagem argumentando que havia sido hackeado, já que ele conseguiu usar o mesmo perfil para se contatar com a família do ator horas depois.

Ator mirim da Rede Globo dá grande resposta contra o racismo de denuncia crime

JP Rufino disse que não tem raiva de ninguém e que só ficou chateado diante da situação. "Quando a minha mãe me mostrou a mensagem com a ofensa, eu fiquei surpreso, mas a gente já está tomando as providências. Não quero causar mal a ninguém, mas também não quero ser maltratado", revelou ele ao comentar o assunto.

Nas redes sociais, muitos fãs do artista se mostraram claramente favoráveis ao fato dele denunciar o crime e deram todo o apoio necessário. "Parabéns, é isso aí", disse um deles. #Famosos