O Faustão está há quase 3 décadas no ar [VIDEO]e por causa disso, tudo que envolve o programa vira notícia e é veiculado nos maiores portais da internet. Desta vez, o que chamou a atenção no programa dominical foi a demissão de uma bailarina carimbada há 7 anos no “Domingão do Faustão”.

As dançarinas já fazem parte da iconografia do programa. Isso porque, além de serem muito lindas, elas são bailarinas muito talentosas e participam ativamente das atrações, como na dança dos famosos, onde ficam nítidas as suas proficiências artísticas. Por causa disso, é natural que o público se apegue a elas e a saída do programa cause comoção.

Tainá Grado demitida do ‘Faustão’ e coloca a boca no trombone nas redes sociais

Tainá Grado se tornou em 7 anos uma das bailarinas mais famosas do programa, [VIDEO] por ter participado ativamente de diversas atrações, como a “Dança dos Famosos”, circunstância em que fez dupla com o ator Anderson Di Rizzi.

A dançarina se pronunciou nas redes sociais dizendo que é muito grata a toda equipe do “Faustão”, mas que a vida é feita de ciclos e que ela esta necessitada de mudanças.

Ela ainda disse: “Eu era uma menina de 19 anos e hoje saio uma mulher. Como bailarina, fiz todos os quadros do programa que vocês possam imaginar".

Tainá Grado também se destacou em sua carreira através de outros trabalhos. Ela participou de mais de 50 clipes de artistas consagrados como: Anitta, Luan Santana, Lucas Lucco, Valesca e Nego do Borel.

Ela ainda contribuiu em diversas coreografias para shows de Projota e Sophia Abraão. A bailarina ainda é empresária, sendo dona de um estúdio de danças urbanas em São Paulo.

A dançarina, que também ficou marcada por ser sósia da Anitta, disse que irá continuar se dedicando a dança/arte e que continua contando com o público na sua jornada.

TSE intima Globo, Faustão e Huck a se manifestarem por campanha antecipada

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) intimou dois apresentadores da “Rede Globo” para prestarem esclarecimentos sobre uma suposta representação de campanha eleitoral. Esse chamado foi consequência da representação realizada pelo PT ao Congresso.

No despacho consta que o partido dos trabalhadores através de Paulo Roberto Severo Pimenta e Luiz Lindbergh Farias Filho ajuízam uma representação em decorrência de abusos cometidos no programa de televisão “Domingão do Faustão” no dia sete de Janeiro de 2018. Eles destacaram ainda que o apresentador Luciano Huck é pré-candidato a presidente da república e, nessa condição, deve ser compreendida sua participação no referido programa.