Em vídeo no seu canal de Youtube, giovanna ewbank revelou para os seus seguidores que já não se relaciona sexualmente como antes com o seu marido bruno gagliasso. A apresentadora, que também é atriz, afirmou que no início, principalmente nos três primeiros anos, o ‘sapeca iaiá’, como diria o saudoso Marcelo Rezende, morto no final do ano passado acometido de um câncer, era frequente e o maridão demonstrava muito apetite para levá-la para a cama constantemente. Porém, segundo a apresentadora, com o passar dos anos, o interesse sexual do casal acabou diminuindo, no entanto, ‘a qualidade melhorou [VIDEO]’, assume Ewbank.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Famosos

“Nos primeiros três anos você é mais ativa”, disse Giovanna. Ela contou que já se vão nove anos de casamento com Bruno e admite que está tudo certo, quando o assunto é o relacionamento íntimo entre os dois, como casados, principalmente na vida a dois, apesar da diminuição da relação sexual com o ator.

“Diminuiu, mas é com qualidade”, revelou a apresentadora, orgulhando-se do maridão. [VIDEO]

Atriz diz que Gagliasso nunca fez o tipo dela

“Bruno nunca fez meu tipo”, disse a apresentadora. Ela conta que quando era mais jovem, no período da adolescência, a atriz se interessava mais por homens um pouco mais desleixados e com pouca responsabilidade, ‘com esquisitices’. Além disso, outra qualidade que Giovanna destacou, e que Bruno não tinha, era a barba grande, que a apresentadora disse se sentir atraída por homens que deixam a barba crescer. Mas Ewbank disse também que com o passar do tempo acabou se interessando muito por Bruno e se apaixonando pelo jeito de ser dele. [VIDEO]

Giovanna fala sobre a separação dela e Bruno, e o que aconteceu depois que reatou

Houve um momento em que os dois famosos pediram um tempo, um para o outro.

Eles se separaram. Mas essa situação não durou muito tempo, logo os dois decidiram retornar e reataram o relacionamento. “Quando tive certeza que não vivia sem ele, foi quando a gente se separou”, disse a apresentadora, que confessa não viver sem a presença do marido. Ela contou que sentiu muita saudade e a falta dele, no momento em que ficou decidido dos dois se separarem.

Ela disse que principalmente as coisas pequenas que os dois faziam, sempre apareciam na cabeça dela e faziam ela lembrar dos bons momentos que viveu ao lado de Bruno. “Sentia muita falta”, disse a atriz. Ela ainda contou que titi, filha adotiva do casal, também sente mais interesse em estar na presença do pai do que na presença dela.