Algumas situações surpreendem o mundo pelo modo como acontecem. [VIDEO] Recentemente, a atriz de filmes adultos Débora Dunhill deu entrevistas falando sobre como ficou famosa ao fazer filmes de cunho adulto. Ela deu uma entrevista à apresentadora Luciana Gimenez, [VIDEO] na qual falou sobre suas primeiras experiências sexuais e também como iniciou no cinema adulto. Após ter feito muitas produções importantes, Débora Dunhill disse que não poderia ter relações sexuais com ninguém.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Famosos

Isso porque ela criou uma espécie de bloqueio com relações íntimas.

Débora Dunhill revela os problemas que tem que enfrentar

Para quem acha que é fácil transar durante os filmes, Débora disse que não é bem assim.

Ela garante que não se arrependeu de nada, mas que não consegue mais ter relacionamentos sexuais com ninguém. Débora contou que teve bloqueios para continuar a se relacionar com outros homens e que hoje, para ela, o sexo é algo difícil. "Eu não consigo ter relações com ninguém", disse ela, que em seguida contou que teve um escândalo sexual na praia com um homem e que acredita que, a partir dali houve o bloqueio. Para a atriz, houve uma espécie de bloqueio, que ela acredita ser a síndrome do pânico, que poderia explicar tudo o que ocorreu em sua vida.

Adquiriu síndrome do pânico após se aposentar

A atriz disse que sempre que está com alguém, lembra do vídeo da praia, onde foi flagrada com outro homem. "Acho que eu tenho aquela síndrome do pânico, de que tem alguém me filmando”, disse. Orientada por um médico presente no “Superpop” a buscar ajuda de um especialista, Débora prosseguiu com o desabafo e afirmou que não consegue sequer beijar um parceiro do sexo oposto.

Ela contou que nos últimos dois anos, apenas ficou com três caras e que, em meio a isso, teve um bloqueio e tanto.

Luciana Gimenez faz 'SuperPop' inspirado no mundo dos filmes adultos

O papo no 'Superpop' deu o que falar. O programa falou também dos suicídios envolvendo ex atrizes de filmes adultos. A atração contou com nomes consagrados do cinema adulto. "A Márcia Imperator atuava de forma a querer ganhar o Oscar de melhor atriz. Os filmes adultos dela são bem roteirizados, não é só sexo.", disse um internauta que acompanhava o assunto picante. O tema abordado no programa rendeu muitos comentários nas redes sociais, outras ex-atrizes de filmes adultos como Julia Paes, que agora é evangélica, falaram sobre como é trabalhar nesse ramo.