Parece que a quaresma e a quarta-feira de cinzas não começaram nem um pouco bem pra jovem modelo youtuber Isabelly, mais conhecida como “Youtuber de Paranaguá” e a sua família.

A garota era muito conhecida na região principalmente por conta do seu canal do YouTube, onde cobria e divulgava eventos além de realizar entrevistas com famosos. Seu canal levava o nome de "Isa Top Show", e era bem movimentado com uma grande audiência, já que o canal contava com mais de 28 mil inscritos e já no início de 2018 já contabilizava a impressionante marca de 3 milhões de views.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Tecnologia

Isabelly Cristine Santos de 15 anos foi baleada na cabeça, na madrugada de quarta feira (14). Tudo ocorreu no litoral do estado do Paraná na rodovia PR412.

A garota foi internada em estado gravíssimo no Hospital Regional do Litoral na ala da UTI em Paranaguá.

De acordo com a informações da PM houve uma discussão entre motoristas que acabou gerando disparos contra o carro onde estava Isabelly e sua mãe, porém ela foi a única que sofreu ferimento.

Os suspeitos pelo crime já se encontram presos. A dupla foi capturada por volta de meio-dia de hoje (14) em pontal do Paraná, mais precisamente no balneário de Canoas.

Segundo informações de familiares e conhecidos, a garota infelizmente teve morte cerebral que foi confirmada pelo neurologista Marcelo Sader.

O crime ocorreu por volta das 2 horas da manhã segundo o boletim de ocorrência, depois de uma discussão no trânsito. Os criminosos estavam dirigindo um automóvel Citroen Xsara Picasso.

Mas segundo informações posteriores do amigo e advogado da família André Tavares, os criminosos acabaram fechando o carro onde estava Isabelly e sua mãe, e começaram a atirar para todos os lados, e que por informações prestadas da própria mãe em momento algum ocorreu uma briga.

Pelo que se sabe o carro em que garota estava foi confundido com outro, e não há indícios do que motivou o crime.

A polícia trabalha com a hipótese que houve um desentendimento com um motorista que conduzia um veículo semelhante

Mais uma vítima da violência em nosso país, que só não passou desapercebido se tornando apenas uma estatística pois a garota [VIDEO] era bem conhecida pelo seu canal no YouTube [VIDEO].

Uma jovem cheia de vida e com muitos sonhos, um deles era cursar uma faculdade de jornalismo segundo informações da família, teve sua vida precocemente interrompida pela intolerância.

Agora fica a saudade e as lembranças que Isabelly deixou e o que mais gostava de fazer, os seus vídeos.