Quando você pensa que já viu de tudo e que nada mais pode te surpreender, eis que surge um homem no meio de uma reportagem ao vivo da Globo e mostra o bumbum bem na hora do seu café da manhã. Parece até uma brincadeira ou uma pegadinha, mas não é. O incidente aconteceu na manhã desta quinta-feira (22), durante um link ao vivo do telejornal 'Bom Dia Rio', exibido pela Rede Globo de Televisão. [VIDEO]

Tem doido pra tudo

De acordo com o portal de notícias online "UOL", um rapaz encontrou um jeito bastante inusitado de protestar, ele optou por tirar a bermuda e mostrar seu bumbum branco bem no momento em que o repórter da Globo encerrava sua entrevista ao vivo.

A equipe da Globo estava no bairro Recreio dos Bandeirantes, zona oeste do Rio de Janeiro, onde junto com moradores locais falavam do desparecimento dos ônibus que circulavam naquela região. O repórter Diego Haidar estava se despedindo das pessoas que participaram da entrevista e iria passar o comando para os jornalistas Flávio Fachel e Silvana Ramiro, que estavam no estúdio apresentando o telejornal, quando o homem apareceu.

O manifestante saiu de trás de um carro que estava estacionado, tirou a bermuda e arrebitou o bumbum para o cinegrafista, ele ainda deu uns tapas no traseiro, sacudiu o popozão, e partiu sem olhar para as câmeras. A atitude do homem deixou a todos perplexos e desconsertados, mas os apresentadores ignoraram o acontecido e falaram apenas sobre a falta de transporte público que vem dificultando a vida dos moradores da região.

Protestos

A TV Globo vem sendo atacada por manifestantes que acreditam que a emissora possui algum tipo de influência direta no governo, seja ele de direita ou esquerda. Já há algum tempo que pessoas se manifestam diante das câmeras da emissora de Roberto Marinho de maneira até mesmo ofensiva. A forma mais comum é populares aparecerem com placas ou cartazes com a seguinte frase: "Globo Lixo". Durante as manifestações pro e contra o impeachment da então presidente Dilma, muitos profissionais da emissora que faziam cobertura do movimento popular nas ruas foram hostilizados e até mesmo atacados.

Porém, casos como esses não estão restritos ao Brasil e as nossas emissoras de Televisão, foram inúmeras vezes que entrevistas, reportagens e links ao vivo já foram alvos de protestos e brincadeiras em várias partes do mundo.

Os jornalistas deixaram o bumbum passar batido, mas a internet não perdoa [VIDEO] e o assunto ganhou as redes sociais, confira a repercussão: