De acordo com o portal de notícias online 'G1', um homem surtou ao descobrir que a garotinha de 3 anos que ele achava ser sua filha biológica na verdade é filha do vizinho. O caso aconteceu na última quarta-feira (14), na cidade de Santos, localizada na região litorânea de São Paulo.

Revoltado com a traição e ainda mais por não ser o pai da menina, ele surtou e resolveu se vingar de uma maneira inusitada. Segundo testemunhas, o homem incendiou o carro do vizinho com um 'coquetel molotov'. O veículo do amante ficou totalmente destruído. Os Bombeiros foram acionados, mas apenas contiveram as chamas que já haviam consumido o carro.

Testemunhas disseram ao 'G1' que a 'pulada de cerca' foi descoberta durante o carnaval. A família mora na Zona Noroeste da capital paulista e durante uma conversa a esposa revelou a traição e confessou que a criança é fruto de seu caso extraconjugal, o que deixou o homem totalmente transtornado. Várias pessoas viram o momento em que o traído jogou a garrafa em chamas dentro do veículo que estava estacionado na Avenida Hugo Maia e pertence a um soldador de 38 anos. Os nomes dos envolvidos não foram divulgados para não causar maiores constrangimentos, principalmente por causa da garotinha, que não tem culpa nenhuma das atitudes das três pessoas envolvidas no triângulo amoroso.

Ainda segundo a polícia [VIDEO], a mulher, considerada pivô da situação, contou para o amante que havia revelado o caso ao marido.

Além dos bombeiros, a Polícia Militar foi acionada e encaminhou os dois para a Central de Polícia Judiciária (CPJ). O homem que provocou o incêndio ainda não se apresentou à polícia.

Manter um relacionamento saudável é sem dúvida alguma um grande desafio. A fidelidade é de suma importância para a maioria dos casais, e as 'puladas de cerca' quase sempre terminam mal. Paquera, namoro, casamento, todo e qualquer tipo de relacionamento deve ser pautado na confiança e respeito mútuo. É preciso ter em mente que um ato impensado, um caso extraconjugal, pode ter consequências terríveis, inclusive levando os envolvidos a extremos, como, por exemplo, assassinatos, agressões, [VIDEO] entre outros.

Infelizmente, é comum ver estampado nas manchetes dos jornais crimes covardes cometidos por homens e mulheres que foram traídos e se julgam no direito de fazer justiça com as próprias mãos. É evidente que ninguém quer ser o 'corno' da vez, uma situação assim pode destruir a vida de uma pessoa e de toda a família envolvida, por isso, se não há mais amor, compreensão, respeito, carinho e desejo, o melhor a fazer é deixar que cada um siga o seu caminho. #Violência no Brasil #Traições #Televisão