O ex-jogador de futebol Kaká, de 35 anos, que se aposentou dos gramados recentemente, participou do evento “Janeirão”, na Igreja Batista do Povo, na Vila Mariana, zona da sul da cidade de São Paulo, e contou como venceu a depressão.

O momento, que ele classificou como pior de sua vida, aconteceu em 2013, quando Kaká deixou o Real Madrid, da Espanha, após atuações ruins, e retornou ao Milan, da Itália, clube onde brilhou na Europa [VIDEO].

Logo no primeiro jogo pela equipe italiana, o jogador sofreu uma lesão e recebeu um diagnóstico ruim: teria que ficar seis semanas afastado dos gramados. A má notícia foi um baque para o atleta.

Kaká afirmou que ficou muito triste ao perceber que as coisas não estavam dando certo dentro de campo. Segundo o jogador, ele chegou até mesmo a questionar Deus por tudo que vinha acontecendo em sua vida profissional. Foi neste momento, que ele descobriu que estava com depressão.

A depressão que acometeu Kaká [VIDEO] fazia com que ele acordasse chorando todos os dias. Na uma hora e meia em que falou para as pessoas que compareceram à Igreja Batista do Povo, o jogador afirmou que só começou a melhorar quando se abriu com os familiares e amigos.

Deus

“As pessoas colocaram rótulos em mim e quando eu percebi que eu não era o que falavam a meu respeito e sim, filho de Deus, recuperei minha identidade", afirmou Kaká, mostrando a importância de Deus para a sua recuperação.

Se por um lado, Deus foi fundamental para a sua recuperação, por outro, o jogador alertou sobre o perigo das redes sociais.

Segundo ele, as redes podem ser muito perigosas porque nelas, as pessoas podem dizer qualquer coisa.

Kaká também orientou que quem sofre com algum problema deve procurar ajuda profissional e seu líder espiritual. O jogador afirmou que é importante conversar com pessoas mais experientes.

Depressão

A depressão é uma doença que atinge cada vez mais pessoas. É importante saber que ela tem cura e que a ajuda profissional, acompanhada da fé em Deus, podem ser fatores fundamentais para a recuperação.

Quem conhece alguém que sofre de depressão, deve procurar ajudar a pessoa de todas as formas. É importante ressaltar que depressão não é frescura. O diagnóstico deve ser feito por um profissional especializado.

Kaká nasceu em berço evangélico e por muitos anos congregou na Igreja Renascer, do bispo Estevam Hernandes e de sua esposa, Sônia Hernandes. No final do ano passado, o jogador anunciou a aposentadoria dos gramados.