O apresentador Luiz Gasparetto é um dos grandes nomes da televisão. [VIDEO]Nos anos 1990, ele viveu o seu auge ao comandar o programa ‘’Encontro Marcado’’, na RedeTV!. A atração conquistava grande audiência, mas como tudo na vida, chegou ao fim.

Aos 68 anos de idade, o comunicador surgiu em um vídeo no Facebook bastante abatido. [VIDEO] Ele, que também trabalha como terapeuta espiritual, enfrenta um câncer que pode levá-lo à morte. Ainda passando pelo difícil diagnóstico, Luiz Gasparetto contou que não tem medo de falecer.

Luiz Gasparetto enfrenta câncer de pulmão e nega ter medo da morte

No vídeo divulgado na quinta-feira passada (15), o comunicador fala que não tem raiva ou medo da morte.

Ele conta ainda que, mesmo apesar da sua aparência, não estaria abatido. O câncer que o comunicador enfrenta é no pulmão.

Esse tipo de doença já matou, por exemplo, o rei George, pai de Elizabeth, rainha da Inglaterra. O espiritualista contou ainda que, mesmo não tendo medo de morrer, aproveito a oportunidade que a doença grave lhe deu para fazer uma espécie de balanço sobre a sua vida, questionando até mesmo o que ele come.

Ex-apresentador da RedeTV! reaparece após anos irreconhecível e revela câncer

Luiz estava sumido da grande mídia há alguns anos e parte dos seus fãs sempre teve o desejo de entender o que teria acontecido com ele durante todo esse tempo. A imagem irreconhecível do artista mexeu com todo mundo.

"Morrer não significa que essa escuridão não vai seguir comigo. Morrer não é a solução.

Deixei de alguma forma minha ignorância penetrar em mim um ressentimento, por exemplo. Não tanto com pessoas, mas com a vida" disse ele.

Fãs apoiam Luiz Gasparetto em luta contra o câncer

Nas redes sociais, o vídeo divulgado por Luiz Gasparetto chegou a mais de 700 mil exibições. Muita gente fez questão de deixar a sua mensagem de apoio diante dessa divulgada que ele enfrenta.

"Esse é meu mestre. Aquele que foi no fundo do vale da sombra e que está fazendo a tarefa, que é humano, que é gente como a gente. Eu não seria metade de quem sou sem a ajuda dele. E eu vibro do fundo do meu coração no que ele nos pede: não reze, visualize a potência do bem em ação. Não há distância pros amigos da alma. Te amo também, mestre que rema o mesmo barco que eu. Estamos juntos", disse um internauta ao falar sobre o tema.

Outros também se posicionaram. "Gasparetto nos ensinando na doença que devemos perdoar, amar, levar a vida mais light, cobrar menos do outro, ajudar sem pedir nada em troca, servir sem que alguém lhe peça, ter cuidado com as palavras, rezar mais por nós e pelo outro", escreveu mais um admirador do espiritualista conhecido.

Veja abaixo o vídeo que mostra ao comunicador bastante debilitado falando sobre sua doença: