O luto, certamente, é um sentimento difícil de ser superado. [VIDEO]Nessa semana, a Rede Globo de Televisão foi alvo de uma tragédia importante. Um helicóptero da emissora caiu na Zona Sul de Recife, capital de Pernambuco. A aeronave caiu no mar e tinha apenas um sobrevivente, Miguel Brendo Pontes Simões. [VIDEO]O Operador de transmissão, no entanto, apesar de ter sido resgatado com vida, veio a falecer nesta quinta-feira (1º), como mostram informações do portal de notícias G1. Ele é a terceira morte confirmada no incidente. Outras duas já haviam falecido na hora da queda.

Morre em Recife operador de transmissão do GloboCop, dias após queda da aeronava

Miguel era o único sobrevivente do GloboCop.

A morte foi confirmada pouco depois das dez da manhã. O jovem teve politraumatismo graças ao acidente e teve que passar por muitas cirurgias. Miguel acabou ficando internado por pelo menos nove dias em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), onde viveu maus momentos. Os médicos fizeram de tudo para salvar sua vida, mas isso não foi possível.

Falece terceira vítima de queda do helicóptero da Globo, em Pernambuco

Em um comunicado, a equipe médica que atendeu o rapaz deu detalhes sobre os motivos de seu falecimento. "A causa da morte é o politraumatismo em si. As lesões iniciais foram muito graves, ele teve lesões toráxica, abdominal, óssea e neurológica. A causa imediata foi a lesão neurológica, mas todas as outras lesões também contribuíram", disse a chefe da equipe médica que deu auxílio ao operador de transmissão que trabalhava para a Rede Globo.

O fato acabou sendo noticiado pelos principais telejornais da emissora. A aeronave que fazia imagens para a Globo caiu antes de um incidente atingir também o helicóptero da RedeTV!, que despencou devido aos fortes ventos na grande São Paulo. Nesse caso específico, ninguém ficou ferido.

Pai de 3ª vítima do Globocop agradece à equipe médica que resgatou filho

Os familiares do falecido acabaram chegando ao local pouco depois do falecimento do rapaz. Wanger Monteiro, pai do operador do GloboCop, emocionou mutia gente quando agradeceu às pessoas que atenderam o seu filho. De acordo com Wagner, apenas quem estava no hospital percebeu que foi realizado tudo o que era possível para salvar o rapaz, mas que, infelizmente, o destino dele acabou sendo aquele que todos nos conhecemos.

O velório e o enterro do rapaz devem acontecer na grande Recife ainda nesse fim de semana. O fato gerou comoção na região. #queda de avião #luto na Globo