Mais um capítulo da história de vingança de Clara (Bianca Bin) chega a seu final em O Outro Lado do Paraíso. Após a protagonista castigar o psiquiatra, chegou a vez do delegado sentir o poder de sua ira... Mas as consequências das ações da mocinhas vão além do que ela previa e, no episódio da última quarta-feira, dia 21, o oficial pedófilo acaba assassinado dentro da prisão.

A morte de Vinícius (Flavio Tolenzani) foi um verdadeiro sucesso de audiência e se tornou um dos assuntos mais comentados nas redes sociais.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Famosos

O delegado, além de prejudicar Clara no passado, acabou confessando que estuprou a própria enteada, Laura (Bella Piero), quando ela era apenas uma menina. A confissão do criminoso em pleno julgamento contou com cenas fortes, que atiçaram a ira do telespectador, preparando-o para o grande desfecho: a morte do pedófilo confesso.

No entanto, um erro acabou chamando a atenção de muitos fãs que acompanham a saga de Clara em O Outro Lado do Paraíso [VIDEO]. Como um delegado com décadas de experiência, Vinícius deveria saber muito bem como funcionam as regras de conduta dos presos em uma cadeia. Para reforçar, ele ainda foi advertido sobre o perigo que corria assim que deu entrada no presídio... E mesmo assim saiu da cela sem qualquer proteção especial?

O personagem simplesmente decidiu tomar banho de sol e deu a oportunidade perfeita para os detentos fazerem sua própria justiça. Para um homem orgulhoso e cheio de si como era Vinícius, o público esperava que ele tivesse mais amor à vida e, claro, sofresse muito antes de morrer. "Não gostei da morte de Vinícius, foi sem graça", opinou o perfil de Fernanda Larissa no Twitter.

"Achei a morte do Vinícius mt sem graça... esperava mais, aquela morte cheia de torturas sabe, digna de um pedófilo", publicou Emilly, na mesma rede social.

Walcyr Carrasco explica morte de Vinícius em 'O Outro Lado do Paraíso'

Em meio a tantas manifestações sobre o desfecho do personagem na novela das 9 [VIDEO], é claro que o autor da trama, Walcyr Carrasco, também se pronunciou sobre o assunto. Ele justifica sua decisão de matar o delegado pedófilo como um "desenvolvimento de personagem sensacional, o que, contraditoriamente, torna impossível sua continuação na história".

Na sequência, Walcyr faz a pergunta que não quer calar: "Quem o perdoaria, depois do que fez?”. Assim, fica razoável a decisão de fazer com que o delegado tenha um final trágico, rápido e chocante.

Mas sua morte não deixará de render assim tão fácil na novela O Outro Lado do Paraíso! Clara fica chocada com a consequência de sua vingança e fica balançada sobre continuar - ou não - com seus planos. Vale a pena continuar assistindo cada capítulo!