Sophia (Marieta Severo) continuará se dando bem nos próximos capítulos de O Outro Lado do Paraíso. Após combinar com Rato o assassinato de Raquel, os planos da vilã darão certo. Rato atropelará a juíza, mas ela sobreviverá, entretanto, será levada para o hospital e os médicos dirão que ela pode ficar paraplégica ou que no mínimo demorará meses para reaprender a andar, no caso de não ter havido lesão significativa na coluna.

Neste meio tempo em que a juíza que ajudaria Clara está internada, Sophia consegue que Gustavo assuma o julgamento que definirá a guarda de Tomaz.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Novelas

Ao saber da mudança, Patrick pede que a audiência seja cancelada, mas a mesma prossegue e Sophia é beneficiada, ganhando a guarda do neto. Clara ficará arrasada, mas não desistirá de recuperar o filho e se vingar de Sophia.

Sophia é ameaçada

Após ajudar Sophia em mais um crime, Rato marca um encontro com a vilã e diz que cansou de receber só migalhas para ser cúmplice da patroa em tantos crimes. Rato diz que deseja ir embora da cidade e montar sua própria fazenda de soja, mas que para isso precisa de dinheiro. Ele exige uma elevada quantia da dona da mina de esmeraldas e alega que se ela não lhe der o dinheiro, ele entregará a tesoura usada no assassinato de Vanessa, bem como o lençol sujo de sangue que usaram para cobrir o cadáver.

Sophia tentará se safar da ameaça, alegando para o garimpeiro que se ela for presa pela morte de Vanessa, ele também irá, pois foi o seu cúmplice. Rato demonstra frieza e determinação em seu objetivo, dizendo que não se importa de ser preso, mas se for, não perderá mais do que ela, que terá seu nome destruído.

Sophia então teme o pior e decide marcar um novo encontro com o funcionário para que possa transferir a quantia combinada e receba a tesoura e o lençol que ele está guardando.

Sophia comete mais um crime

Com raiva por ter sido ameaçada, Sophia mata Rato e o enterra em uma cova na beira da estrada. Após o corpo ser descoberto, a polícia vai até Leandra, pois encontra uma foto da moça na carteira do garimpeiro. No bordel descobrem que ela havia brigado com Rato e a moça acaba sendo presa como suspeita de homicídio passional [VIDEO].

Patrick se oferecerá para fazer a defesa de Leandra, que afirmará para o advogado que pode provar que não esteve com Rato no dia do crime. Enquanto isso, Sophia se beneficiará [VIDEO] da teimosia de Bruno em não libertar Leandra e continuará contando com a hipótese de que não deixou nenhum indício incriminador para trás.