Talvez você lembre, ou talvez saiba agora, mas Cristina Mortágua, em 2011, foi alvo de grande polêmica, pois acabou parando na delegacia por ter espancado seu filho menor de idade. O barraco foi realmente muito grande e o garoto passou pelo maior constrangimento da sua vida. O rapaz, que na época era menor, tinha apenas 16 anos, decidiu registrar o boletim de ocorrência contra a própria mãe, dada a gravidade das agressões. A ex-modelo e ex-namorada do jogador do Vasco e Palmeiras, entre outros, Edmundo, que hoje tem 47 anos, acabou protagonizando o maior barraco na época.

Segundo o garoto, que é filho do jogador Edmundo, a mãe não aceitava o fato dele ser homossexual e acabou agredindo-o várias vezes.

Para comprovar as agressões, o menino foi ao IML na época, mas nem precisou de muito. Dentro mesmo da delegacia, enquanto era atendido por policiais, Alexandre foi novamente agredido pela mãe completamente descontrolada. Ela lançou-lhe um celular na cabeça. As câmeras de segurança de delegacia foram prova da agressão que aconteceu dentro do local, onde mais tarde ela seria presa.

Em resumo, ao ouvir a voz de prisão a mulher, completamente surtada começou a xingar a delegada chegando a ofender a honra da autoridade chamando-a de 'put*, vagabund*,', entre outros adjetivos nada agradáveis.

Ainda durante o barraco, ela disse que todos na delegacia eram comprados pelo jogador Edmundo e ameaçou se matar. Na época, ela saiu correndo na frente dos carros e quase mesmo foi atropelada. Após contida e detida, ela teve fiança arbitrada em R$ 6 mil e acabou saindo pela porta da frente da delegacia.

Sete anos depois do barraco Cristina Mortágua teve sua sentença proferida

A princípio, a sentença proferida limita-se ao desacato a autoridade que Cristina cometeu durante o surto. Ela foi absolvida agora sob a alegação de estar sob forte interação medicamentosa.

Foi comprovado por exames de sangue que ela estava na época, sob efeito de Rivotril, um medicamento considerada substância entorpecente medicamentosa. Por conta disto, ela foi liberada de qualquer outro ônus.

Não se tem notícia sobre o processo que ela responde por agredir o filho, na Vara da Infância e da Juventude, já que processos desta natureza são sigilosos.

Por conta do barraco, em 2014, ela foi convidada para participar de 'A Fazenda' mas acabou sendo a quinta eliminada do programa.

Mais notícias do mundo dos famosos

Feliciano detona Pabllo Vittar, prevê futuro e diz o que trans 'quer' de verdade [VIDEO]

'A Filha dos Trapalhões': atriz ressurge, processa Renato Aragão e leva bolada [VIDEO]