The Walking Dead retornou do hiatus em que se encontrava a 8ª temporada na noite deste último domingo (25) e, para a tristeza de alguns fãs esperançosos, comprovou a morte de um importante personagem que, até então e até o último episódio da primeira parte desta temporada, era considerada improvável pelos telespectadores.

Publicidade
Publicidade

Alerta de spoilers!

Para quem acompanhou os primeiros episódios da 8ª temporada, que estreou em outubro de 2017 e tem como tema central a guerra entre as comunidades de "Alexandria", "O Reino" e "Hiltop" contra "Os Salvadores", liderados por Negan, viu que no último, Carl Grimes, filho de Rick, foi mordido no peito por um zumbi. É claro que os fãs mais esperançosos alimentavam a ideia de que ele poderia sobreviver, mas, bem lá no fundo, todos sabiam que este era o fim do personagem que todos os que acompanham a série viram crescer.

Episódio de retorno de The Walking Dead gerou repercussão na internet
Episódio de retorno de The Walking Dead gerou repercussão na internet

Muitos personagens considerados principais e importantes para a trama, e o pior, muito queridos pelo grande público, como era o caso de Glenn, já chocaram os fãs que acompanham a saga dos que tentam sobreviver ao mundo pós-apocalíptico. No entanto, a morte de Carl, certamente, foi uma das que mais impactou o fãs do programa.

O menino cresceu durante o desenvolvimento da história e passou por momentos difíceis, como quando teve que matar a própria mãe para que ela não se transformasse, logo em seguida que deu à luz Judith.

Publicidade

Apesar de ser um adolescente na trama, Carl passou por tantas tragédias pessoais que contribuíram para o seu crescimento tanto como personagem quanto em relação ao seu caráter e ideologias. Nos últimos episódios que foram ao ar ano passado, ele se mostra ainda alguém que crê no ser humano, apesar de tudo, ao ajudar um estranho, oferecendo-lhe comida e água, e convidando-o para se juntar ao grupo de Alexandria.

Sendo assim, matar o personagem que muitos tinham como sendo o principal da trama pode ter sido um erro e tanto cometidos pelos produtores da série, que já vinham recebendo críticas pelo modo como a história estava sendo contada, se tornando enfadonha ao longo de alguns episódios tidos como "enrolões" pelos telespectadores, pois não levavam a lugar nenhum.

Até então, a impressão dos que acompanham a série desde o início era de que a história de The Walking Dead era a história de Carl, e não a de Rick ou a de qualquer outro personagem do universo TWD. A questão que fica de agora em diante é: teria sido esse um grande erro para enterrar de vez o prestígio que a série de zumbis conquistou em suas primeiras temporadas e acabou por "amornar" nos últimos acontecimentos que foram contados? Esperemos o desenrolar dos próximos capítulos.

The Walking Dead vai ao ar todos os domingos, pela Fox, às 23h30.

Publicidade

Leia também

'Cinquenta Tons de Liberdade' estreia com a menor bilheteria da trilogia

Dado Dolabella foi fotografado de dentro da prisão onde se encontra há 15 dias

Ivete Sangalo posta foto com a família, na qual aparece amamentando as gêmeas

Leia tudo