A foto de Zeca Pagodinho, com a cara fechado, cumprimentando o prefeito de São Paulo, João Doria [VIDEO], viralizou nas redes sociais e logo surgiram várias notícias contando como o cantor ficou contrariado por ter que receber o político, enquanto curtia o carnaval. Os memes tomaram conta das redes sociais e os brasileiros ficaram surpresos com a reação do pagodeiro, que não queria nem ao menos pegar na mão de Doria.

O assunto tomou conta da internet e dos principais canais de notícias do país, mas nesta segunda-feira (12), eis que surge uma notícia ainda mais polêmica, pois, de acordo com a jornalista Mônica Bergamo, não foi bem assim que a história aconteceu e tudo que foi falado até o momento sobre o caso, é mentira.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Famosos

A jornalista já foi logo avisando que a célebre imagem de Zeca Pagodinho com João Doria não significa o que vem sendo veiculado pelos meios de comunicação e que o encontro do cantor com o político no camarote do Bar Brahma teve um outro tom, bem mais cordial do que se imagina.

Zeca Pagodinho concordou, sim, em tirar a foto com Doria e não foi preciso muita insistência e nem a intervenção do dono do camarote. O pagodeiro até foi aconselhado pelos amigos a não posar ao lado do prefeito de São Paulo, mas Zeca fez questão.

"Ele não presta", disse um dos 'amigos' ao cantor, que logo respondeu: "Pode não prestar para você, mas presta para outra pessoa". Essa fala de Zeca Pagodinho em nenhum momento foi divulgada ontem e os internautas principalmente, tiveram a impressão que ele praticamente forçado a posar para a foto, mas hoje a jornalista mostra que não teve nada disso.

Zeca ainda explicou aos amigos presentes no local que ele estava na 'casa' do prefeito, referindo-se ao Sambódromo de São Paulo, então como ele poderia negar tirar uma foto ele?

Um outro amigo do pagodeiro, tentando convencê-lo a não aparecer na foto, disse: "Ele que vá dar ração ao filho dele", referindo-se à farinata que o prefeito de São Paulo planejo distribuir aos estudantes de escolas públicas em 2017.

Um outro amigo de Zeca questionou, alegando que ninguém ia querer tirar foto ao lado dessa 'nhaca de prefeito'.

Foi nessa hora que Zeca Pagodinho ficou chateado com a situação, mas não porque ia tirar a foto e sim por causa dos amigos querendo que ele não fosse. O cantor explicou que tira foto com um monte de gente desconhecida e que jamais pediu documento a alguém antes de uma selfie. "Eu nem conheço ele, foto é foto, mas apoio é outra coisa. Eu não voto em ninguém. Eu não confio em ninguém", finalizou o pagodeiro momentos antes de posar ao lado de João Doria.

Com esta revelação da jornalista [VIDEO], muita gente ficou sem comentários, pois já tinham postado comentários nas redes sociais, além de piadas e memes.

Quanto ao ex-jogador Amaral, ele foi empurrado pelos amigos de Zeca para aparecer na foto, ficando entre o prefeito e o cantor e depois comemoraram, mas esta não foi uma exigência do pagodeiro, conforme anunciaram ontem.