A apresentadora Mara Maravilha é um dos nomes mais conhecidos de todo o país. Ela tem emocionado todo o seu público com as mudanças que aconteceram em sua vida. Na atualidade, Mara tem apresentado o 'Fofocalizando' e, aparentemente, ela tem se dado muito bem em sua vida. A comunicadora do SBT, no entanto, sempre divulgou aos quatro ventos que queria ser mãe. Ela tem um relacionamento com um rapaz vinte e quatro anos mais novo e agora está muito feliz com a boa nova. Ela anunciou que vai ser mamãe. [VIDEO]

Mara Maravilha comemora 50 anos e diz que filho está vindo a caminho

Mara é uma comunicadora que faz de tudo para demonstrar toda a sua qualidade na telinha.

Maravilha bate boca na atração com Lívia Andrade, mas, por incrível que pareça, ambas continuam sendo amigas. Agora a maternidade de Mara pode aproximar as duas. Isso porque durante o seu aniversário de cinquenta anos, a ex-apresentadora infantil do SBT contou que ela e o seu noivo estão dispostos a adotar uma criança e que teriam - até mesmo - entrado na fila de adoção.

Com noivo 24 anos mais novo, Mara conta que será mãe em breve

A apresentadora que comemorou, recentemente, seus 50 anos em sua luxuosa mansão em São Paulo, fez a revelação que em breve será mamãe. A notícia foi muito comemorada por todos. O pai da criança será Gabriel Torres, que tem apenas 26 anos de idade. Ele tem idade para ter sido um dos baixinhos que, no passado, acompanhou o 'Show Maravilha', no SBT. No entanto, Gabriel está bastante otimista com a oportunidade.

Ele está ao lado de Maravilha há anos e parece amar a morena.

Mara Maravilha fala em bênção na expectativa da chegada de filho

A profissional da TV diz que essa vai ser uma grande bênção em sua vida. Ela contou que a criança ainda não tem uma previsão de chegar e que, assim como os demais, ela está em uma espécie de fila, na expectativa para a chegada do seu novo bebê. Apesar das filas serem enormes, há também muitas crianças querendo e precisando serem adotadas. A explicação tem motivo. As famílias que se colocam a adotar uma criança são estudadas por assistentes sociais.

Isso tudo é feito para evitar que haja rejeição das duas partes. Após a aprovação da família, a aproximação das partes ocorre aos poucos. Ainda assim, há casos de famílias que devolvem as crianças para a adoção. Esse trauma faz com que a pessoa fique abalada, por vezes, para toda a vida. Para evitar isso, além da capacidade econômica, a psicológica também é estudada.