2

Uma das pessoas mais influentes no cenário nacional no século XXI foi, sem sombra de dúvidas [VIDEO], o vocalista da banda de rock Charlie Brown Jr., Chorão conseguia fazer com que sua mensagem ultrapassasse fronteiras através das suas músicas. Infelizmente, o cantor teve sua carreira interrompida de maneira abrupta e cruel [VIDEO]. O músico foi encontrado morto dentro de um quaro de hotel na Zona Oeste de São Paulo em 06 de março de 2013. Exatos 5 anos após a sua morte, milhares de pessoas ainda recordam com carinho e nostalgia um dos 'loucos' mais gente boa da história brasileira.

Ascensão meteórica dos garotos de Santos foi logo no primeiro álbum da banda

Alexandre Magno Abrão ficou nacionalmente conhecido pelo nome artístico Chorão. Ele foi um dos fundadores da banda Charlie Brown Jr., A formação original da banda era junto com Champignon, Renato Pelado,Thiago Castanho e Marcão.

O primeiro sucesso nacional foi 'Proibida Pra Mim', faixa do álbum 'Transpiração Contínua Prolongada'. A banda de Santos ainda emplacou diversas outras músicas do primeiro disco como: 'O Coro Vai Comê!' e 'Tudo que Ela Gosta de Escutar'.

Rapidamente a banda se tornou uma das mais requisitadas para shows no Brasil, e Chorão ganhou cada vez mais notoriedade pelo que fazia dentro e fora do palco.

Chorão lutava intensamente contra o uso de drogas, mas perdeu a batalha em uma overdose de cocaína

Assim que Alexandre Magno se tornou uma figura pública, a mídia começou a acompanhar mais de perto a vida íntima do cantor, Chorão era usuário assumido de drogas e tinha sérios problemas de relacionamento, principalmente com integrantes da banda. O Charlie Brown Jr. já teve diversas formações e ao todo foram 10 discos produzidos e mais de 5 milhões de cópias vendidas.

Com a vida bastante agitada Chorão tinha dificuldades para vencer sua dependência química, chegou a ser internado algumas vezes mas acabou morrendo devido a uma overdose de cocaína em um quarto de hotel, localizado na Zona Oeste de São Paulo.

Na internet, a viúva e milhares de fãs homenagearam o aniversário da morte de um dos maiores poetas da nova geração

Graziela Gonçalves, viúva do músico, fez uma linda homenagem com um texto nas suas redes sociais. "Lembra daquela estrela mais brilhante? Foi pra ela que pedimos tantas coisas numa noite e que acabou virando tatuagem na nossa pele? É, exatamente, pra ela que eu olho quando eu quero falar com você . A luz é toda sua."

Além da viúva, diversas outros fãs declararam seu amor ao vocalista nesta data da memória de um verdadeiro 'poeta louco'.