O programa "Encontro" da apresentadora Fátima Bernardes tem deixado a alta cúpula da Rede Globo um pouco preocupada e descontente. Exibido nas manhãs da emissora, o programa tem trazido diversas atrações musicais, porém, algo estranho envolve os bastidores e suspeitas estão sendo apuradas pelos próprios diretores do canal carioca.

O jornalista Leo Dias informou que o programa tem repetido inúmeras atrações, e isso tem se tornado um sério problema na emissora. Diretores estão vendo a possibilidade de atos ilegais acontecendo nos bastidores

Duas hipóteses tomam conta da cúpula da Globo: alguém poderia estar recebendo propina de artistas e empresários para deixá-los sempre se apresentar no programa, no caso, um tipo de corrupção envolvendo a produção do "Encontro".

Outra hipótese poderia ser a falta de entusiasmo e de vontade da equipe artística responsável em buscar novos talentos.

A direção deu um ultimato e pediu que os programas trouxessem novas atrações musicais. A exigência é que a equipe faça um garimpo maior e procure artistas talentosos que estão espalhados por todo o Brasil.

No começo do mês de fevereiro, o diretor-geral da programa, Maurício Arruda, foi demitido da Globo. Ele ficou seis anos à frente da atração. A sua demissão foi por conta de muitas reclamações no Departamento de Acompanhamento Artístico (DDA) do canal carioca.

Encontro

No programa desta quinta-feira (15), Fátima Bernardes recebeu o ator Tony Ramos e a atração musical ficou por conta do cantor Rael.

Tony comentou sobre os episódios finais da novela "Tempo de Amar" e recebeu várias mensagens de amigos. Além disso, foi surpreendido por Fátima com uma foto de 49 anos atrás. A foto mostrava Tony junto com sua esposa, Lidiane Barbosa, em seu casamento.

Morte de vereadora

No programa desta quinta, Fátima também deu ênfase para a tragédia que envolveu a vereadora Marielle Franco.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Famosos Fátima Bernardes

Ela e seu motorista foram executados com vários tiros e o governo decidiu colocar a Polícia Federal (PF) para investigar o caso, que pode ter alguma conotação política.

Fátima desejou forças para toda a família da vítima. Uma das convidadas do programa foi a escritora Ana Paula Lisboa, que esteve com Marielle em seu último evento.

Conforme informações da escritora, ela afirmou ser difícil estar participando do programa e o único motivo que fez com que ela decidisse ir foi por ter sido convidada por uma produtora do programa, que é a única mulher negra do "Encontro".

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo