A morte, certamente, é um dos períodos mais difíceis de serem superados por qualquer um [VIDEO]. Perder alguém não é uma tarefa simples. Quando uma celebridade amada falece, a tristeza em torno da perda aumenta ainda mais. Nesta quinta-feira (22), o mundo descobriu uma triste notícia.

Morreu nos Estados Unidos uma lenda da televisão, o ator Frank Avruch, um dos primeiros intérpretes do palhaço Bozo. [VIDEO] No Brasil, o personagem fez muito sucesso, sendo vivido, entre outras pessoas, pelo apresentador Luís Ricardo, ainda hoje na emissora de Silvio Santos, o SBT.

Morre o ator Frank Avruch, famoso por ter feito o palhaço Bozo

A morte de Frank Avruch ocorreu na terça-feira (20), mas acabou repercutindo apenas agora.

No Brasil, o fato foi noticiado pelo portal de notícias UOL. O motivo da morte do grande artista também foi considerado triste.

De acordo com fontes ligadas a Frank Avruch, ele teve uma parada cardíaca e não resistiu. O profissional da dramaturgia, que estava com 89 de idade, passava os seus últimos dias em casa.

Familiares contaram que ele estava bem até tudo acontecer. Eles conversaram com uma afiliada da rede de televisão norte-americana ABC. O fato mexeu com muita gente e alguns ficaram comovidos diante da ação.

Bozo surpreendeu o mundo e virou sucesso até aqui no Brasil, no SBT

O ator fez o palhaço Bozo entre os anos 1950 a 1970. O sucesso do programa dele acabou fazendo o personagem ficar conhecido não apenas nos Estados Unidos, mas também em todo o mundo.

A franquia acabou sendo vendida para diversos canais de televisão do país.

No SBT, por exemplo, o palhaço foi encarnado por diversos intérpretes, tornando-se um ícone da história da rede de televisão de Silvio Santos.

Despedida comove o mundo

A família e amigos usaram as redes sociais para se despedirem do palhaço Bozo. O agente do artista disse que, apesar desse ser um momento triste, é com lembrar que Frank, ao longo de praticamente toda a sua vida, trabalhou para que outras pessoas conseguissem rir.

Uma das filhas do artista disse ainda que nunca conheceu uma pessoa que gostasse tanto do público infantil e que o pai amava as crianças de todas as idades, citando os que ficavam adultos, mas mesmo assim ainda acompanhavam o programa lendário da televisão americana.

No ano passado, a história de Arlindo Barreto, um dos intérpretes do palhaço durante o auge do Bozo no Brasil, chegou aos cinemas no filme "Bingo: O Rei das Manhãs", do diretor Daniel Rezende.