A polêmica sempre foi marca registrada do cantor e político Agnaldo Timóteo, mas dessa vez ele "extravasou" toda sua ira contra curitibanos, catarinenses e gaúchos por causa de política. Ele gravou um vídeo e publicou nas suas redes sociais neste domingo (18) "detonando" os moradores dessas regiões.

Além de cantor, Agnaldo Timóteo também foi deputado federal e vereador. Suas declarações repercutiram em todo o Brasil, em especial na região Sul. Segundo ele, os curitibanos, catarinenses e também os gaúchos são “elitistas, ingratos e babacas”.

A ideia do vídeo é defender claramente o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Além dos sulistas, ele disparou também contra a ‘suprema corte’.

Em seu vídeo, Agnaldo Timóteo inicia comentando sobre “a reação de alguns idiotas”. Ele disse que não é puxa-saco de nenhum político desonesto e que ainda não é ingrato, "idiotas, covardes, não faço média, seus miseráveis", falou Agnaldo Timóteo se referindo aos curitibanos, catarinenses e gaúchos.

Ele questionou se os moradores do Sul do país não sentem vergonha de ser preconceituosos contra Lula.

"Veja o que ele fez por vocês", disse ele, e em seguida chamou os moradores de elitistas. Para o cantor, o petista está sofrendo muita Ingratidão dos sulistas, porque ele é um homem que cuidou do Brasil inteiro, não apenas do Nordeste.

O cantor continua o vídeo desafiando os internautas, dizendo que podem xingar à vontade. "Babacas. Não me incomodo com isso", disse Agnaldo Timóteo, afirmando ainda que não é cínico, não faz média e não é demagogo. Ele estendeu suas afirmações para a suprema corte também. "Se Lula cometeu crime, mostre as provas", desafiou o cantor, acrescentando que, se isso não acontecer, todos ficarão indignados com a corte.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Lula Tecnologia

Vereador quer moção de repúdio contra Agnaldo Timóteo

As declarações do artista também repercutiram no meio político paranaense. Na sessão da Câmara Municipal de Curitiba desta segunda-feira (19), o líder do governo na casa, vereador Pier Petruzziello (PTB), usou a tribuna para mostrar a sua revolta com o que foi falado no vídeo por Agnaldo Timóteo. O parlamentar propôs uma moção de repúdio ao cantor.

Segundo o vereador, é inaceitável ver o povo de Curitiba ser chamado de miserável e de vagabundo.

"Não vou aceitar como vereador desta cidade", disse ele, afirmando também que o curitibano é um povo honesto, trabalhador e que jamais se compactua com a corrupção. Pier Petruzziello disse que não aceita que uma pessoa que se diz famosa, faça ataques desse tipo. "Prova máxima da decadência”, disse o parlamentar.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo