A produtora Entertainment One irá produzir a série de televisão baseada no jogo Street Fighter. O jogo contará com Joey Ansah, Jacqueline Quella e Mark Wooding, time que foi responsável pela popular web-série Street Fighter: Assassin's Fist, os mesmos foram produtores executivos.

O jogo será inspirado no segundo game da franquia, o Street Fighter 2: The World Warrior, que havia sido produzida pela Capcom no início da década de 90. Considerado como um dos mais influentes jogos de todos os tempos em particular, o mais importante jogo de luta de sempre, e o seu ano de lançamento, 1991, é visto como um momento revolucionário para o gênero de luta.

De longe, havia sido o jogo arcade mais vendido, desde a época de ouro dos jogos das máquinas arcades.

A série terá seus personagens principais sendo Ryu e Ken, os mais famosos da franquia do game, a agente da Interpol Chun-Li e o soldado norte-americano Guile.

O vilão da série será M. Bison, e o mesmo irá liderar a facção criminal de Shadaloo.

O jogo, que há uma enorme fã base, é um sucesso global ao longo dos últimos 30 anos.

Mark Gordon, que fechou o contrato para desenvolver, produzir e financiar a obra, disse que será prazeroso trabalhar juntamente dos produtores da web-série do game, e afirmou que os mesmos são os mais capacitados para exercer tal cargo, pois ambos têm um bom currículo com o titulo de luta.

Essa não é a primeira vez que o jogo irá sair dos games e ir para a TV, o jogo já teve outras adaptações ao longo de sua história, uma delas foi o filme live-action com Jean-Claude Van Damme, uma longa focada na personagem da Chan-li e algumas séries animadas.

Pelo que foi dito, a série deverá ser bem parecida com um anime chamado Street Fighter 2 Victory, que foi lançado em 95, que havia sido transmitido no Brasil pelo canal SBT (Sistema Brasileiro de Televisão), o anime está atualmente no catálogo da Netflix.

Street Fighter começou em 1987, quando foi lançado seu primeiro jogo, e está até hoje sendo produzido - temos uma nova versão para o PS4 e PC,.

O sucesso de Street Fighter foi tanto, que sua enorme popularidade surpreendeu a indústria dos videogames, fazendo os proprietários de máquinas arcade necessitarem comprar mais máquinas para conseguirem acompanhar a procura do jogo.

O projeto para trazer uma série do fenômeno Street Fighter ainda é embrionário, está no começo e não há previsões para nada, elenco, e muito menos roteiristas e diretores, que ainda não foram contratados.