A atriz Malu Mader foi notícia em todo o Brasil nesta quarta-feira (4) devido à sua demissão da Rede Globo de Televisão. [VIDEO] Isso porque ela estava há 35 anos no canal e sua história, de certa forma, acabou se confundindo com a história do próprio canal da família Marinho. A demissão faz parte da nova forma de gerir a empresa. [VIDEO]Os chamados medalhões, o time do primeiro escalão do canal, acabou passando por uma situação inusitada. Isso porque - em meio ao prestígio que tinham e altos salários - apareceu também a crise econômica e novas formas da própria Globo economizar dinheiro.

#Malu Mader, é claro, não é a única.

Um time grande de estrelas tem caído do seu estelar da Globo e, nesta quinta-feira (5), uma galã da nova geração também perdeu espaço na empresa.

Globo anuncia desligamento de Daniel Rocha, galã da nova geração

De acordo com informações do site 'Notícias da TV', o novo demitido da emissora é #Daniel Rocha, galã da nova geração. O ator tem apenas 27 anos e fez trabalhos recentes, um dos mais marcantes na novela 'Império', que tinha o Comendador, personagem de Alexandre Nero. O ator ficou seis anos contratado da emissora e o canal projetava nele um possível galã de novela das nove. Ao todo, o artista esteve em cinco novelas e uma série durante esse tempo.

Daniel Rocha era uma das maiores promessas da TV Globo

Ou seja, durante o tempo em que manteve contrato com a emissora, Daniel Rocha teve poucas férias.

Revelado em Avenida Brasil (2012), após interpretar o homossexual Roni, o ator prometia se tornar protagonista de novelas da Globo, mas seus trabalhos seguintes não tiveram grandes repercussões para o galã. O seu último papel foi pequeno, na minissérie 'Cidade Proibida'. A falta de relevância na dramaturgia foi um dos fatores determinantes para que Daniel Rocha fosse demitido do canal. O contrato do artista venceu no final do mês passado e não teve renovação. O fim do contrato dele ocorreu na mesma data que o de Malu Mader.

Tônico Pereira deixa a Globo após 37 anos de jornalismo

Não é só na área da dramaturgia que estão acontecendo desligamentos. Também ontem o departamento de jornalismo da Globo confirmou o desligamento do jornalista Tonico Pereira, que já estava há 37 anos no canal. De acordo com a emissora, no entanto, foi o jornalista quem pediu para deixar a empresa. A justificativa de Tonico é que, aos 70 anos, ele precisa de mais tempo para ler, estudar e ficar com a família. Ali Kamel, diretor de jornalismo e esportes da Globo, acabou falando sobre o tema e lamentou o desligamento.