A décima oitava edição do 'BBB18' é a dos chamados "cachês miseráveis" [VIDEO] para os ex-participantes do reality show. Nunca pessoas que participaram da atração ganharam tão pouco para estarem em um evento ou darem voz ou cara a uma marca. Antes, era comum que um brother ou sister eliminado - até os rejeitados - fossem disputados a tapa por marcas e ganhassem até 10 mil reais por evento. Isso alterou e muitos não estão ganhando nadinha.

Para piorar a situação, como mostra uma matéria sobre o assunto feita pela Revista Veja nesta quinta-feira (19) [VIDEO], os agenciados do 'BBB18' ainda vão precisar dividir parte do que ganham com os seus respectivos empresários.

A quantia costuma ser de 20% para o empresário que consegue os eventos - cada vez mais raros - para participantes do BBB18.

Apesar de cachês baixos, seguidores na internet nunca bombaram tanto no BBB

Em dezoito edições do 'BBB', pelo menos 300 pessoas teriam passado pela casa mais vigiada do país. Famosas de peso mesmo apenas duas ficaram: Sabrina Sato, hoje apresentadora da Record TV, e Grazi Massafera, atriz que chegou até a concorrer ao Emmy Internacional. As duas chegam a cobrar por um evento cerca de R$ 80 mil. A grana, que parece absurda para muita gente, é tão alta porque ambas artistas são lindas, alto astral, queridas pelo público e, no geral, não envolvidas em grandes polêmicas. Ou seja, tudo o que uma marca importante precisa.

Boa parte dos quase 300 ex-confinados, contudo, vai na direção contrária e acaba se conformando em trocar posts em redes sociais por umas blusinhas – e olhe lá.

Hoje um ex-BBB, que sai do 'BBB18', com sorte, conseguirá um cachê de R$ 4 mil. Como tem que dar 20% ao empresário, no máximo, ele fica com R$ 3.600. Esse valor é baixo, já que para se manter no Rio de Janeiro, após o programa, os participantes precisam gastar bastante dinheiro e não ocorrem eventos tão facilmente quanto antes.

Nomes como Patrícia e Diego praticamente têm chance zero de conseguir um evento. O motivo é a alta rejeição que os dois tiveram no programa. Patrícia, que é cantora, chegou a aparecer nas redes sociais cantando em um hotel e praticamente ninguém se interessando por ela. A sister deixou a atração com mais de 90% dos votos. Pessoas ouvidas pela Veja, que trabalham com mercado de agenciados e ex-BBBs, intitulam Breno como o mais forte para conseguir eventos. Kaysar também tem o alto astral que as marcas costumam querer, mas não tanta beleza quanto o loiro.