Desde que Gleici venceu o BBB18, que terminou no último dia 19 de abril, a vida da acreana virou uma verdadeira loucura, pois são vários compromissos todos os dias e apesar da agenda lotada, ela ainda procura dar atenção aos milhões de fãs em suas redes sociais. Sem contar que ela é cobrada pelos familiares, que querem falar com ela, tem os amigos de Rio Branco, que gostariam de vê-la mais por lá e ainda tem o namorado Wagner, que não encontrou tempo para sair com a amada.

Só que Gleici foi acusada de dar mau exemplo e vem sendo duramente criticada nas redes sociais. É que a acreana não usou o cinto de segurança ao andar de carro no Rio de Janeiro e levou um puxão de orelha do Detran.

O órgão de trânsito usou o perfil no Twitter para chamar a atenção de Gleici e ainda detonou a ex-BBB: "Fada que é fada é prudente".

A bronca que o Detran do Rio de Janeiro deu em Gleici nesta última sexta-feira (27), acabou não pegando bem para a vencedora do BBB18, que seguida por milhões de fãs, entre jovens, crianças e adultos, deveria a ser a primeira a dar o exemplo, afinal, é graças ao cinto de segurança que muitas vidas são salvas.

Gleici compartilhou em seu Instagram Stories, um vídeo onde aparece passeando pelo Rio de Janeiro, de carro, só que não estava usando o cinto de segurança. Para piorar, ela aparece sentada no colo do Wagner, um grande absurdo, pois todos sabem que isto é proibido, é perigoso e jamais deve ser feito com o veículo em movimento.

Cinto de segurança é obrigatório, inclusive para os passageiros

Assim que o Detran-RJ tomou conhecimento das imagens, lembrou que esta é uma infração grave e notificou Gleici [VIDEO], lembrando que apesar da vida dela estar uma loucura após vencer o BBB18, não existe desculpa quando se trata de colocar a vida em risco, além de dar mau exemplo para os fãs.

O Detran lembrou a 'fada do BBB18', que o cinto de segurança é obrigatório tanto para o motorista como também para os passageiros, até mesmo os que estão no banco traseiro.

Gleici foi obrigada a reconhecer o erro e comentou sobre o ocorrido, dizendo que de fato não se deve andar de carro sem usar o equipamento de segurança. A acreana deu toda razão ao Detran-RJ e contou sobre a bronca que levou, mas sem reclamar, pois sabia que estava errada. Ela pediu a todos para não seguirem o seu exemplo.

E quando se trata de segurança no trânsito, nunca é demais lembrar que todos no veículo devem usar o cinto de segurança e quando se tratar de crianças, o uso da ‘cadeirinha’ é indispensável, lembrando ainda que animais de estimação jamais devem ficar soltos dentro do carro, é preciso ficar de olho na lei para evitar multas e principalmente, não colocar a vida em risco.