O filme ‘Nada a Perder – Contra Tudo. Por Todos’, que estreou nos cinemas brasileiros no dia 29 de março, está percorrendo várias cidades de São Paulo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, dentre outras cidades através do projeto Cinema Itinerante. Através de um ônibus que foi adaptado com equipamentos de som e imagem, o projeto está visitando escolas, penitenciárias, casas de repouso, orfanatos e cidades que não possuem cinema.

No dia 28 de abril de 2018, o município de Iguape, cidade vizinha de Ilha Comprida, litoral do estado de São Paulo, fará parte do projeto. O filme será exibido na Praça da Basílica, no centro da cidade, às 18h, onde será montado um telão para exibição do longa metragem e cerca de 1.500 acentos.

O objetivo do projeto é dar a oportunidade de mais de 400 mil pessoas, que não podem ir até um cinema, possam assistir a um filme que traz uma mensagem de fé, persistência e esperança.

‘Nada a Perder’ teve estreia de Sucesso em todo País

O filme que teve sua pré-estreia em São Paulo, na noite do dia 26 de março, contou com a presença de todo o elenco, do bispo Edir Macedo e sua família, de diversos famosos como Ticiane Pinheiro, Edu Guedes, cantores como Zezé di Camargo e Luciano, apresentadores como Sabrina Sato, Marcos Mion, Gugu Liberato, entre outros.

No dia 29 de março (quinta-feira), foi realizada a estreia oficial do filme em mais de mil salas de cinemas do Brasil, sendo em Belo Horizonte, Brasília, Duque de Caxias, São Bernardo do Campo, Guarulhos, Recife, Maceió, Rio de Janeiro, Campo Grande, Nova Iguaçu, Manaus, Salvador, Natal, Osasco, Curitiba, São Gonçalo, São Paulo, Fortaleza, Goiânia, São Luís, Porto Alegre e em 700 salas no exterior, no qual obteve recordes de audiência, com 4 milhões de ingressos vendidos antecipadamente.

O longa metragem é a primeira parte de uma trilogia, que está programada para ser realizada – com a segunda parte no final de 2019 ou início em 2020 – contando a história e a trajetória de vida do fundador da Igreja Universal e dono da Rede Record no começo de sua trajetória, as perseguições que sofreu para manter suas convicções e lutar com persistência, buscando seguir no que acreditava.

A superprodução, que custou 25 milhões, dirigida por Alexandre Avancini, com roteiro de Stephen P. Lindsey e produzida em parceria da Rede Record com Paris Filmes, teve suas gravações realizadas no Brasil, Jerusalém, Joanesburgo e Nova York. O filme contou com cem atores, dentre eles Petrônio Gontijo (interpretando Edir Macedo), Samara Felippo (interpretando Ester Bezerra), Dalton Vigh (interpretando o Juiz), André Gonçalves (interpretando o Missionário R. R. Soares), Beth Goulart (interpretando a Geni), Leonardo Franco (interpretando o Albino), entre outros, e mais de 6 mil figurantes.

Assista ao trailer do filme: