Considerada uma das participantes que mais mereciam faturar a bolada de R$ 1,5 milhão de reais, oferecida como prêmio para o grande vencedor do Big Brother Brasil 2018, a acriana, Gleici Damasceno, de 23 anos de idade, nem sempre teve uma vida fácil.

Ela, que do começo ao fim do reality show sempre ostentou uma personalidade humilde e procurou sempre optar pela simplicidade, conseguiu conquistar grande parte do público que acompanhou o BBB [VIDEO], a consagrando assim como a grande campeã da décima oitava temporada do programa.

Agora milionária e conhecida em todo o Brasil [VIDEO], Gleici falou abertamente a respeito das dificuldades que já enfrentou na vida e se emocionou demasiadamente ao se lembrar do pai, bem como do assassinato do mesmo, dentro de sua própria casa há três anos.

Gleici abre o jogo e fala da pobreza em que vivia com a família no Acre

Nunca fazendo questão de esconder sua origem, mas sempre fazendo de tudo para que não fosse motivo de pena entre as pessoas que a conheciam de verdade e sabiam da triste situação econômica de sua família, Gleici lutou de todas as formas para conseguir mudar a história das pessoas que ama.

Estudante de psicologia em uma universidade federal, a acriana sempre sonhou ter uma casa mobiliada, com as paredes devidamente pintadas e um quarto só dela. Vivendo em uma situação precária em um bairro do subúrbio do Acre, o que a campeã do BBB18 mais quer é dar uma bela casa a mãe, a avó e ao avô.

Antes de entrar no programa, Damasceno dividia uma casa simplória com a família, onde constantemente serviços básicos como água, luz e esgoto eram tirados, devido ao atraso contínuo no pagamento das contas.

Tamanha era a dificuldade financeira enfrentada pela família de Gleici, que na semana em que a mesma fora consagrada campeã do reality, a luz de sua casa havia sido cortada por conta do não pagamento da fatura mensal do serviço.

O assassinato do pai e a dor de vê-lo morrer por conta dos vícios

Em entrevista ao jornal Extra, Gleici Damasceno foi às lágrimas ao falar sobre a trágica morte de seu pai, brutalmente assassinado por conta de dívidas com o tráfico de drogas.

Segundo Gleici, seus pais se separaram assim que ela completou seis anos de idade e desde então seu pai passou a levar uma vida completamente errada. Casando-se novamente e constituindo uma nova família, o pai da campeã do BBB18 foi assassinado dentro de casa, na frente da esposa e da filha, por uma adolescente de 16 anos que executava pessoas que contraiam dívidas com os meliantes locais.