Anúncio
Anúncio

Cada vez mais preocupada com os rumos de “Deus Salve o Rei”, novela que ocupa o horário das 19 horas, a Rede Globo decidiu tomar medidas mais contundentes para tentar salvar a trama, escrita pelo estreante Daniel Adjafre. A trama medieval tem atingindo 25,1 pontos de audiência na Grande São Paulo, números até considerados bons para os tempos atuais, mas as constantes oscilações e problemas na história têm deixado cada vez mais preocupados os diretores pelos lados do Projac. Sua antecessora, ‘’Pega Pega’’, dava três pontos a mais.

Ainda em fevereiro, antes mesmo de realizar pesquisas de opinião junto a grupos de telespectadores, a direção global já havia feito as primeiras intervenções no folhetim.

Anúncio

A primeira delas foi determinar ao diretor Fabricio Mamberti que fizesse ajustes na direção. Dentre esses ajustes era o de tornar a interpretação de Bruna Marquezine, que faz o papel da vilã Catarina, menos robótica e mais natural.

Outro ponto que foi pedido para ser ajustado na Novela, mas que não surtiu efeito, foi para que o autor promovesse alterações no texto. Porém, as longas sequências, irrelevantes para o tema central, continuaram acontecendo.

O diretor de teledramaturgia da Rede Globo, Silvio de Abreu, também pediu mudanças, no final de março, para que a trama se concentrasse mais no triângulo amoroso Catarina- Afonso-Amália. Personagens secundários serão eliminados, enquanto outros já presentes na trama terão aparições mais destacadas.

Anúncio

Nova intervenção

A Globo também havia solicitado para que o autor reescrevesse 12 capítulos, mas esta e todas essas medidas adotadas entre o fevereiro e o início de março não surtiram efeito. Agora a direção da emissora adotará uma postura mais contundente e colocou o autor Ricardo Linhares para fazer a supervisão do texto de Adjafre. Além disso, o roteirista Péricles Barros, ex-‘’Mister Brau’’, foi escalado para ser o novo colaborador da novela.

Agora com Linhares cuidado da supervisão, a emissora espera que a trama finalmente tome o rumo que se deseja, que é uma com a trama mais fluida e concentrada nos protagonistas. Além disso, os diretores pedem para que sejam separadas as esquetes de humor das ações dramáticas da trama e, assim, melhorar os índices de audiência.

Os efeitos dessa nova intervenção começarão a ser percebidos a partir do capitulo que será exibido no dia 16 de abril, quando as tramas centrais terão novos rumos.

Anúncio