Guilherme Winter é conhecido internacionalmente pelo seu papel em Os Dez Mandamentos. A trama que atualmente é reprisada pela Record TV entre as 19h45 e 20h45 (horário de Brasília) é sucesso absoluto em todos os países em que já foi exibida.

O ator Guilherme Winter estava reservado para o elenco da novela Topíssima, que estrearia entre setembro e outubro deste ano, entretanto, nesta semana a Record TV decidiu que assim que terminar Os Dez Mandamentos exibirá a reprise da continuidade da história de Moisés. Logo, Topíssima entrará no ar apenas em 2019, bem como uma outra novela bíblica será lançada no mesmo ano.

Por conta do adiamento, o jornalista Flávio Ricco divulgou que a emissora da Barra Funda decidiu escalar o ator para a novela Jesus, que estreia no segundo semestre de 2018 em substituição de Apocalipse [VIDEO], em exibição atualmente.

Guilherme dessa vez encara um vilão, mas um vilão diferente. Ele será Judas Iscariotes, um dos doze discípulos de Jesus Cristo que se rendeu a sua própria ambição e traiu o seu mestre por algumas moedas.

Como será a novela bíblica Jesus

A trama contará toda a trajetória de Jesus Cristo na Terra, de seu nascimento na manjedoura até a sua ressurreição. O personagem principal terá mais de um intérprete, devido as diferentes fases da vida do Messias, mas o ator que viverá Jesus na fase adulta é Dudu Azevedo, que recentemente deu vida ao escravo Asher, que posteriormente mudou o nome para Lázaro na novela O Rico e Lázaro.

Escolha do elenco gerou raiva em ex-ator da Record TV

Theo Becker, que atualmente pode ser visto na reprise de Celebridade, trama exibida no Vale a Pena Ver de Novo da TV Globo [VIDEO], andou sonhando com o papel de Jesus na nova novela da Record.

O único problema é que o ator começou a se dedicar para o papel sem nem ao menos ter um teste garantido pela emissora.

A Record TV jamais o chamou para um teste, tão pouco lhe deu esperanças de que poderia ser protagonista da novela, mas mesmo assim Becker emagreceu, mudou o visual, começou a frequentar a igreja Universal do Reino de Deus, fundada por Edir Macedo, sócio majoritário da Record, e chegou a declarar que estudou o personagem para fazer uma boa interpretação.

Quando a Record TV anunciou em seu site oficial que Dudu foi escalado para o papel, Theo ficou muito bravo e usou o Twitter para desabafar, dizendo que é perseguido por um diretor da emissora e que não valorizaram o seu trabalho. Também admitiu que nunca foi chamado para fazer um teste para o sonhado papel e que não participaria de outro papel na trama, pois não teria clima para trabalhar com alguém menos preparado que ele.