Nesta quinta-feira (19), aconteceu a grande final do 'BBB18'. O reality show da Globo marcou alta audiência, mas chegou ao fim com três grandes jogadores: Kaysar, Família Lima e Gleici. Em um dos momentos mais emocionantes, Tiago Leifert fez uma revelação a Kaysar sobre a sua família. De acordo com o comunicador, a Organização das Nações Unidas, a ONU, ajudaria o brother a trazer sua família ao Brasil. Ao vivo, no entanto, o comunicador ponderou sobre as dificuldades que isso traria, lembrando que isso seria feito com calma e em algumas semanas.

BBB18 virou batalha da pobreza em redes sociais

A chegada de três grandes finalistas ao desfecho do programa não foi algo tão simples [VIDEO].

O público focou no passado de Kaysar e Gleici e o que aconteceu foi uma espécie de batalha da pobreza, a fim de tentar identificar quem merecia ganhar mais o programa. Gleici é acreana, teve uma infância pobre e ajudou a família [VIDEO] durante muitos momentos. Kaysar, por sua vez, tem uma experiência traumática de guerra. Nascido na Síria, ele veio para o Brasil para tentar uma vida nova. De acordo com o brother, sua vontade era ganhar o 'BBB18' para ajudar esses parentes, especialmente sua mãe e o seu pai.

BBB18 teve prova mais longa de toda a história do programa

O 'BBB18' pode ser lembrado pelo público por muitos motivos, mas um fato, certamente, jamais deixará de ser esquecido por aqueles que acompanham o programa da Rede Globo de Televisão, a prova de resistência pela imunidade na reta final do jogo.

A prova consistia em ficar em cima de uma plataforma giratória por mais tempo. Os participantes do 'Big Brother Brasil' tinham direito a três descansos ao longo da disputa.

Kaysar e Ana Clara, que representava a Família Lima, ficaram 43 horas na disputa. A situação mexeu com muita gente e a Globo decidiu acabar com a disputa por questões de saúde. Ambos ganharam um carro zero quilômetro, mas precisaram definir quem iria levar a imunidade da atração.

Tiago Leifert se consolida como apresentador do BBB e faz público esquecer Pedro Bial

Essa foi a segunda edição do 'BBB' comandada por Tiago Leifert. O ex-apresentador esportivo da Globo teve a missão difícil de substituir Pedro Bial à frente do 'Big Brother Brasil'. A primeira temporada do programa foi complexa com Leifert. O programa foi marcado pelas controversas brigas entre Emilly Araújo e Marcos Harter. Já a segunda temporada, o 'BBB18', teve bem menos polêmicas. O reality também teve momentos marcantes na final, já que os três principais jogadores chegaram a essa etapa.