A atriz Juliana Caldas da novela "O Outro Lado do Paraíso" concedeu uma entrevista e falou sobre os desafios que teve que enfrentar diante de uma situação trágica em sua vida. Uma mudança de rumo a levou a conhecer caminhos nunca imagináveis.

Interpretando a personagem "Estela" da novela de Walcyr Carrasco, Caldas afirmou que no ano passado teve que mudar para o Rio de Janeiro para ficar mais próximo de seu local de trabalho. Ela mora sozinha em um apartamento em frente à praia da Barra e completou, recentemente, 31 anos de idade.

A atriz anã disse que um de seus desafios foi se adaptar a um mundo onde as coisas acabam se tornando mais difíceis para ela, devido a sua estatura e algum certo preconceito.

Mesmo assim, ela contou que a parte mais complicada em sua vida é ficar longe de seu irmão, que mora em São Paulo, e por sentir uma grande saudade de sua mãe, que faleceu após adquirir um coágulo quando ela tinha 16 anos.

Um ponto importante para ela, é que as pessoas devem sempre procurar a felicidade mesmo que seja algo que necessite um certo tipo de adaptação, como foi no caso dela.

Um fato interessante que ela contou foi que, com a morte de sua mãe, ela teve que trabalhar cedo para poder comprar coisas para casa. Um de seus planos era fazer uma faculdade de Administração e seguir o ramo de dona Miriam: abrir uma clínica veterinária.

Mudança de planos

A perda da mãe fez atriz buscar outras fontes de renda que fossem mais imediatas e foi aí que ela começou a seguir por caminhos que a levariam ao grande sucesso que é hoje.

Ela chegou a trabalhar como recepcionista de balada, atendente de telemarketing e dois anos como bancária. Foi no banco que ela recebeu um recado de uma amiga. Estavam precisando de pequenos para trabalhar no Parque da Xuxa em São Paulo.

Juliana decidiu arriscar para ganhar um extra. Foi quando ela percebeu que gostava de teatro e desejou se aprofundar mais nisso. Ela chegou a participar de peças infantis e trabalhou como modelo.

Sucesso

A oportunidade de entrar no horário nobre da TV Globo [VIDEO] foi um presente que caiu do céu para a atriz. Muito feliz com todos os acontecimentos em sua vida, ela diz que não costuma planejar o futuro e que apenas busca a felicidade.

Para ela, a novela "O Outro Lado do Paraíso" [VIDEO] ajuda as pessoas a verem o nanismo com mais respeito. Ela falou que sua participação na trama tem ajudado na luta contra esse tipo de preconceito. Segundo ela, esse tipo de deficiência deve ser respeitado por todos.

Sobre ter filhos e uma família, ela disse que se isso acontecer será ótimo, porém, caso contrário, não terá problemas. A vida segue e a autoestima deve ser mantida sempre com prioridade.