Existem dias que não são nada fáceis. Muitas vezes temos que nos despedir de pessoas que admiramos – mesmo sem tê-las conhecido pessoalmente. Neste sábado (28), o humor brasileiro está de luto, está triste, morreu um dos maiores humoristas do país.

Agildo da Gama Barata Ribeiro Filho nasceu no Rio de Janeiro no dia 26 de abril de 1932. Dois dias depois de completar 86 anos, o humorista nacionalmente conhecido como Agildo Ribeiro faleceu em sua casa [VIDEO] no bairro do Leblon, zona sul do Rio de Janeiro.

Agildo sofria de problemas cardíacos e devido à idade avançada não resistiu a um ataque cardíaco [VIDEO] que o acometeu enquanto descansava em sua residência no famoso bairro carioca.

Agildo Ribeiro morre no Rio de Janeiro depois de longa carreira no humor

Agildo Ribeiro foi filho de um revolucionário comunista e estudou em colégio militar no Rio de Janeiro. No mundo artístico, ficou conhecido como “capitão do riso” por sua facilidade em fazer humor.

O próprio humorista reconheceu em uma entrevista que era só abrir a boca que as pessoas davam risada. “Eu nasci para ser artista”, comentou. Agildo fez trabalhos no cinema, no teatro e na TV.

Os mais antigos sabem que ele foi o primeiro ator a interpretar o personagem João Grilo, de “O Auto da Compadecida”, de Ariano Suassuna. Em 1976 fez “Planeta dos Homens”. Em 1982 estrelou um programa próprio “Estúdio A... Gildo”.

Para os mais novos fica a lembrança de Agildo na “Escolinha do Professor Raimundo” e também no “Zorra Total”, ambos a partir de 1999.

O último trabalho de Agildo Ribeiro na TV foi uma participação no “Tá no Ar: a TV na TV”.

A última homenagem a Agildo Ribeiro

Em março deste ano, Agildo Ribeiro foi homenageado no Prêmio de Humor, evento idealizado e apresentado pelo humorista e apresentador da Record TV. Foi a última homenagem em vida a Agildo, que agora deverá bastante homenageado por programas de TV. O “Zorra” de hoje deve prestar uma homenagem ao comediante que atuou por muitos anos no programa, quando chamava ainda “Zorra Total”.

Agildo descobriu um filho de 47 anos em 2012

A vida de Agildo Ribeiro nem sempre foi uma piada. Em 2012, ele descobriu um filho de 47 anos. Marcelo Galvão foi fruto de uma relação que Agildo teve em 1965. O “Fantástico” de 2013 exibiu o encontro entre pai e filho. De quebra, Agildo descobriu que tinha uma netinha.

Agildo foi casado com Marília Pera, Consuelo Leandro e, por último, com a bailarina Didi Barata Ribeiro com quem ficou 35 anos. Ela morreu em 2009.