Na novela O Outro Lado do Paraíso, todas as pessoas próximas de Adriana fizeram um exame de compatibilidade para doar um rim para a advogada, mas somente Beth e Jô são compatíveis. Jô se recusou a fazer a doação, alegando detestar a enteada e ainda jogou verdades na cara do marido Henrique. Já Beth entra em depressão por não poder ajudar a filha devido a sua doença decorrente do alcoolismo.

Com apenas um rim comprometido no corpo, pois o outro já havia parado de funcionar e foi removido, Adriana ficará internada em estado grave.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal O Outro Lado do Paraíso

Os doutores Aguiar e Renato comunicarão que a moça não terá mais que algumas semanas de vida [VIDEO], pois sem um transplante de rim, não resistirá por muito tempo.

Beth entrará em desespero, se culpando pela situação, uma vez que o seu alcoolismo a impede de doar o rim, mesmo sendo compatível com a filha.

Em um ato de desespero por ver que o tempo está passando e nenhum doador aparece, Beth ameaça a equipe médica, dizendo que vai se matar caso não aceitem que ela doe o seu rim para Adriana. Se matando, os médicos terão de usar o seu rim para o transplante.

Estranhamente os médicos não chamam a polícia ou expulsam Beth do hospital, mas atendem ao seu pedido, mesmo sabendo que ela pode morrer após a cirurgia e que podem passar por um processo interno por fazer o transplante de risco. O transplante é realizado com sucesso e o organismo de Adriana não rejeita o novo órgão. O problema é que Beth fica debilitada, não só de saúde, mas também emocionalmente.

No hospital ela se torna uma paciente de risco, mas Renato acaba lhe dando alta mesmo assim. Em casa ela tem uma crise de abstinência por não beber álcool há dias e começa a se sentir mal.

Clara pede a ajuda de Mercedes, que por sua vez é objetiva com a moça, alegando que os remédios receitados pelos médicos podem ajudar o corpo de Beth, mas ela precisa ter vontade de viver, pois sua alma está se apagando e não tem força.

A sensitiva ainda afirma que somente o perdão e amor de Adriana poderão salvar Elizabeth, caso contrário ela não resistirá e morrerá por conta de tamanha angústia que carrega no peito. Para Mercedes, não tem como alguém continuar vivendo quando se perde a vontade de viver, pois os remédios passam a não ter tanto poder sobre o corpo da pessoa.

Enquanto isso Adriana permanece internada em observação para que os médicos vejam se o seu corpo não reagirá negativamente em algum momento. A advogada também decide esquecer Patrick e aconselha Clara a reatar com o ex, dizendo que reconhece o seu nobre sacrifício, mas não quer ficar com alguém que não a ama. Clara mentirá que está com Gael [VIDEO]e Adriana se mostrará contra a união, devido ao passado de violência que a irmã viveu nas mãos do filho de Sophia.