A Rede Globo vive novos tempos [VIDEO]. Se antes era comum a emissora fechar longos contratos com atores – principalmente na década passada, quando a Record havia iniciado em pesado processo de investimentos em teledramaturgia – agora a situação é completamente diferente, com alguns artistas assinando contrato por obra – para fazer uma minissérie ou Novela -, ou simplesmente não tendo seu acordo renovado, e aí entram profissionais com décadas de serviços prestados à emissora.

Recentemente, o ator Tony Ramos deu uma entrevista, onde comentou sobre o assunto [VIDEO] e disse estar triste com a saída dos colegas, mas também demostrou uma visão positiva sobre os novos rumos dos artistas.

Abaixo listamos oito deles que já deixaram a Esfera Platinada e o telespectador talvez nem tenha se dado conta.

Priscila Fantin

Protagonista do grande sucesso do horário das seis da tarde, “Ama Gêmea”, de 2005, de 2005, Priscila Fantin não teve seu acordo renovado e desde então faz aparições em emissoras concorrentes. Também de destacou em Malhação, na temporada de 1999, onde dava vida a personagem Tati.

Betty Faria

Atualmente no ar com a reprise de Tieta, no canal Viva, Betty Faria é mais uma que não faz mais parte do elenco global. Ela já havia sido dispensada em 2001, depois de 30 anos na emissora, foi recontratada no ano passado, quanto atuou em A Força do Querer. Em entrevista recente ao programa de Pedro Bial, a atriz revelou que tem artrite reumatoide autoimune e relacionou a doença à sua primeira demissão, a qual disse ter ficado muito abalada.

“Não queria que as pessoas soubessem”, disse. “Acredito que uma coisa está relacionada com a outra”, completou.

Isabela Garcia

Ela entrou na emissora em 1971, aos quatro anos de idade, permanecendo na casa por mais de quatro décadas, mas nem isso foi capaz de evitar que Isabela Garcia figurasse na lista. “A partir de hoje, sigo meu caminho por outra estrada”, disse a protagonista de “Bebê A Bordo”, de 1989, dentre outros trabalhos.

Kadu Moliterno

Outro artista com uma ficha de longos serviços prestados à Globo também não frequenta mais o Projac é Kadu Moliterno. Dispensado em 2015, agora ele faz parte do elenco da concorrente Record, mesmo assim ele disse ter sentido bastante a saída da antiga empresa. “Senti o baque, claro, porque foram 35 anos de um vínculo”.

Carolina Ferraz

Apesar de tecer calorosos elogios à antiga emissora, Carolina Ferraz entrou com uma ação judicial contra a emissora, para receber FGTS, 13º salário e férias. “Eu sou boa empregada e eles, bons patrões”, disse em uma das entrevistas.

Pedro Cardoso

Pedro Cardoso deu vida ao personagem Agostinho nas 14 temporadas do seriado “A Grande Família” e sua última aparição na emissora foi em 2014, em um projeto no Fantástico. Após a saída, o ator disparou contra a antiga casa. “Tiveram o mais absoluto desprezo pelo meu trabalho”, declarou em entrevista ao programa Pânico, da Rádio Jovem Pan.

Maitê Proença

Seu último papel foi na minissérie “Liberdade, Liberdade”, em 2016, e após o trabalho não teve seu contrato renovado, sem ao menos, segundo ela, receber qualquer tipo de aviso e disse ter ficado sabendo de sua demissão apenas pela “imprensa marrom”. “Foi muito estranho eu ser demitida sem nenhum aviso”, disse a atriz que estava há 37 anos na emissora. Ela revelou também que precisava pedir autorização para participar de filmes e comerciais.

André Gonçalves

Desde 1991 na emissora, quando estreou na novela “Vamp”, André Gonçalves participou de 26 trabalhos, entre novelas e minisséries e foi desligado no ano passado. Agora faz parte do quadro de atores da Record.